Campeã americana da vara em 2015 apanha suspensão de 4 anos por doping

0
1660

A varista Demi Payne, campeã dos Estados Unidos em 2015, foi suspensa por quatro anos na sequência de um controlo antidoping realizado em Março de 2016.

Demi Payne foi a quinta mulher na história a saltar 4,90 metros em pista coberta, em Fevereiro de 2016.

A agência norte-americana USADA explicou num comunicado divulgado ontem que no decorrer do seu inquérito sobre as circunstâncias do teste positivo de Payne, foi-lhe enviado um correio eletrónico anónimo afirmando que as bebidas na qual a atleta tinha testado positivo no Campeonato de Pista Coberta dos Estados Unidos, estavam contaminadas.

“Finalmente, após um inquérito aprofundado, a USADA pôde determinar que não era este o caso”, conclui a agência e justificando assim o atraso entre o teste e a sanção.

Sem poder competir até à Primavera de 2020

Acusando um controlo positivo de um esteroide anabolisante, Demi Payne enfrenta uma suspensão que teve o seu início em Março de 2016 e que terminará apenas na Primavera de 2020.

A campeã mundial do salto com vara em pista coberta, a norte-americana Sandi Morris, segunda atrás de Payne nos Campeonatos do seu país em 2015, reagiu nas redes sociais: “Para aqueles que conhecem a minha história e a minha carreira, sabem que isto me afeta pessoalmente… A minha reação inicial? bem, eu sabia mas agora, não é mais do que uma suspeita”.

 

Deixar Resposta