Campeonato de Portugal de pista coberta levará João Vieira ao 20º título

2
283

Pombal receberá este fim-de-semana o 34º Campeonato de Portugal de pista coberta, com jornadas a partir das 14 horas de sábado e das 10.30 e das 14 h de domingo. Será o 11º Campeonato em Pombal (desde 2011), cidade que assim igualará Espinho (teve 11 campeonatos entre 1998 e 2012), com Braga (10 campeonatos entre 1988 e 1997) logo a seguir. Aveiro recebeu em 1987 o primeiro campeonato (sem as corridas em pista circular) e Lisboa foi palco do campeonato de 2001, que antecedeu o Mundial.

Infelizmente, vários dos melhores atletas nacionais teimam em faltar aos principais campeonatos individuais. Mas há uma honrosa exceção: o marchador João Vieira faz sempre questão de estar presente e de somar títulos. Aos 44 anos, prepara-se para somar o 20º título de 5000 m marcha em pista coberta, aos quais soma já 35 ao ar livre (pista e estrada). Foi campeão pela primeira vez em 1996 e, desde então, só não ganhou cinco vezes, sendo substituído por Sérgio Vieira, seu irmão gémeo.

Em pista coberta, quem soma mais títulos a seguir é Carlos Calado, 16 vezes campeão, mas em três provas (60 m, comprimento e triplo). No setor feminino, lidera Carmo Tavares, com 23 títulos (em cinco corridas, incluindo 4×400 m!), seguida de Teresa Machado, com 19 (no peso). Das atuais atletas, Elisabete Tavares vai em 11 (na vara) mas não está inscrita nestes Campeonatos. Ana Cabecinha deve atingir agora o 10º título nos 3000 m marcha, subindo ao top’10 das atletas mais tituladas.

Baixa confirmada neste Campeonato será a do benfiquista Paulo Conceição, que se lesionou em Val-de-Reuil, França, uma semana depois de ter alcançado sensacionais 2,28 (recorde nacional de salto em altura), se lesionou gravemente num pé. Foi operado e tem a época hipotecada.

Entretanto, Alpiarça receberá este sábado (15.30 h), o Triatlo Técnico Nacional para juvenis e iniciados, com presença das seleções dos 18 distritos do Continente e ainda da Madeira e Açores. A nível de clubes, que disputaram as fases regionais nos escalões de infantis, iniciados e juvenis, a Juventude Vidigalense foi a vencedora, com um total de 8811 pontos e boa vantagem sobre o GD Pedreiras (7721 p.) e a AEA Cartaxo (7568 p.). O Benfica foi quarto com 7267 pontos e classificaram-se 158 clubes, embora a maioria sem pontuarem nos seis escalões.

2 Comentários

  1. Penso que não foi nos campeonatos nacionais universitários que o Paulo Conceição se lesionou, mas sim no dia 14 de Fevereiro em Val-de-Reuil (França).

Deixar Resposta