Campeonato Mundial de pista de 2021 em Lisboa: a nossa mentira do 1 de Abril

0
1974

Ontem, 1 de Abril, foi Dia das Mentiras. Manda a tradição que neste dia, as pessoas contem a sua mentira. Verdade seja dita que na época atual, não há dia em que não sejam propagadas mentiras. Mas quando há uma mentira no 1 de Abril, ela é revelada no dia seguinte.

A Revista Atletismo também publicou a sua mentira: Lisboa ia receber o Campeonato Mundial de pista em 2021. Este continua marcado para Eugene. Apesar de ser verdade que a decisão tomada pela IAAF em atribuir o Mundial aquela cidade norte-americana ter criado mais tarde, fortes suspeitas de corrupção que motivaram a intervenção do FBI e outras autoridades norte-americanas.

Origem do Dia das Mentiras

Há muitas explicações para o 1 de Abril se ter transformado no Dia das Mentiras. Uma delas diz que a brincadeira surgiu na França, no reinado do rei Carlos IX. Nessa época, o Ano Novo era comemorado a 25 de Março, com a chegada da Primavera. As festas, que incluíam troca de presentes, duravam uma semana e terminavam a 1 de Abril.

Em 1564, com a adoção do calendário gregoriano, o rei decidiu que o Ano Novo deveria passar a comemorar-se a 1 de Janeiro. Alguns franceses não aceitaram a mudança no calendário e continuaram com a tradição antiga. A população que adotou o novo calendário decidiu então brincar com os “conservadores” enviando-lhes presentes estranhos e convites para festas inexistentes. Com o passar do tempo, a brincadeira alastrou-se a outros países da Europa e, mais tarde, para outros continentes.

 

Deixar Resposta