Campeonato Nacional de Pista Coberta/Lesão de Marcos Chuva «derrota» o Benfica

0
3068

A lesão do benfiquista Marcos Chuva no primeiro ensaio do comprimento deverá dar ao Sporting o título nacional masculino da I Divisão, cuja primeira jornada se realizou este sábado, em Pombal. Chuva conseguiu apenas 6,54m e não voltou a saltar, caindo para o 6º lugar, em prova na qual Nelson Évora, nitidamente destreinado do comprimento, apenas no quarto e último ensaio garantiu a vitória, com 7,32m.

De resto, e em relação ao despique Benfica-Sporting, tudo foi normal e a vitória de Emanuel Rolim sobre Guilherme Pinto nos 1500 m, desforrando-se da derrota que o sportinguista lhe impusera no Campeonato de Portugal, até estava a dar vantagem ao Benfica, que ganhou quatro provas, contra três triunfos do Sporting e na jornada de domingo tem (teórica) vantagem em cinco das sete provas. Mas dificilmente o Benfica será segundo no triplo e nas barreiras e, assim sendo, o Sporting não deverá deixar fugir o título nacional, que não ganha desde 2011. O SC Braga prepara-se para assegurar um histórico 3º lugar, quando as suas melhores posições de sempre eram sextos lugares nas duas últimas épocas. Foi o melhor dos restantes clubes em cinco das sete provas.

Já no setor feminino, a vitória do Sporting estava assegurada à partida. Restava saber quantas das seis provas da jornada não seriam ganhas pelas “leoas”. Falharam duas… e de forma inesperada. Nos 1500 metros, a sensacional Mariana Machado (SC Braga), filha da olímpica Albertina Machado, derrotou Amélia Vitorino (4.29,53-4.30,13), batendo o recorde nacional de juvenis que desde 1988 pertencia a Marina Bastos, com 4.30,5. Nos 3000 m marcha, a benfiquista Mara Ribeiro ganhou com 13.31,59, deixando Vitória Oliveira a claros 20 segundos. O Sporting segue com 46 pontos, contra apenas 34 do Benfica e da Juventude Vidigalense, que voltam a discutir entre si o segundo lugar.

Principais figuras

Individualmente, a principal figura masculina deste primeiro dia foi Paulo Conceição, que voltou a tentar o recorde nacional da altura, a 2,25, parecendo em condições de o conseguir. Destaque ainda, nesta prova, para o jovem sportinguista Francisco Barreto, que igualou o seu recorde pessoal (2,07). Ancuiam Lopes (que substituiu o esperado Carlos Nascimento nos 60 m) ganhou em bons 6,74s e Diogo Ferreira cumpriu na vara, com 5,40m, tentando depois os 5,64.

No setor feminino, grande destaque para Patrícia Mamona, que bateu o recorde pessoal no comprimento, com 6,28m, mais sete centímetros que a marca que tinha (igualmente em pista coberta) desde… 2011! Evelise Veiga deu-lhe boa réplica, com ensaios a 6,23 e 6,22. Anabela Neto passou 1,8m e voltou a tentar o recorde nacional da altura, a 1,89, e Loréne Bazolo, com 7,35s nos 60 m, e Cátia Azevedo, com 53,78s nos 400 m, conseguiram as melhores marcas nacionais do ano, neste caso a escassos 18 centésimos do mínimo para o Europeu.

A luta Sporting-Benfica (masculinos)

                        SPORTING, 52                                           BENFICA, 49

60 m            1º Ancuiam Lopes                  6,74            2º Ricardo Pereira                  6,83

400 m          2º Sandy Martins                 49,32            1º Ricardo Santos                47,85

1500 m        2º Guilherme Pinto            3.50,52           1º Emanuel Rolim             3.45,25

Altura         2º Francisco Barreto               2,07             1º Paulo Conceição                2,20

Vara            2º Rubem Miranda                 4,80             1º Diogo Ferreira                    5,40

Comp.         1º Nelson Évora                     7,32             6º Marcos Chuva                    6,54

5 km M       1º João Vieira                  19.32,08            2º Miguel Carvalho         19.57,83

Os melhores das restantes equipas:

60 m            3º Edi Sousa                    SC Braga                  6,87

400 m          3º João Ferreira               SC Braga                49,59

1500 m        3º Nuno Lopes                 CA Seia               3.50,90

Altura           3º Carlos Gomes             SC Braga                  1,99

Vara             3º Tomás Marreiros          SC Braga                  4,50

Comp.          2º Valter Pinto                  SC Braga                  7,07

5 km M        3º Rui Coelho                   CA Seia             21.17,14

A «luta» Sporting-restantes clubes (femininos)

                        SPORTING                                      RESTANTES

60 m            1ª Lorène Bazolo                    7,35     2ª Joana Carlos (JV)  7,73

400 m          1ª Cátia Azevedo                 53,78      2ª Dorothe Évora (SLB)  54,64

1500 m        2ª Amélia Vitorino            4.30,13      1ª Mariana Machado (SCB)  4.29,53

Altura         1ª Anabela Neto                     1,81       2ª Jennifer Gomes (GREC)   1,68

Comp.         1ª Patrícia Mamona                6,28       2ª Evelise Veiga (JV)     6,23

3 km M       2ª Vitória Oliveira           13.33,96        1ª Mara Ribeiro (SLB)  13.13,59

PONTUAÇÕES COLETIVAS:

MASCULINOS:

1º Sporting                    52

2º Benfica                     49

3º SC Braga                  40

4º CA Seia                    26

5º J Vidigalense            25

6º Jardim Serra             23

7º Srª Desterro             22

8º Gira Sol                    12

FEMININOS:

1º Sporting                    46

2º Benfica                     34

3º J. Vidigalense           34

4º Grecas                     21

5º GA Fátima               21

6º SC Braga                 20

7º Srª Desterro            19

8º Jardim Serra            17

 

 

Deixar Resposta