Campismo e Maia AC campeões da II Divisão

0
1577

As equipas masculina do Campismo, com larga superioridade, e feminina do Maia AC, com um ponto de vantagem sobre a UC Eirense, sagraram-se campeões nacionais da II Divisão, este domingo, ao princípio da tarde, em Leiria. A formação de S. João da Madeira conquistou o título pela terceira vez na história, depois das vitórias em 1993 e 2013. Somou 128 pontos, contra 99 do Grecas, que repetiu o 2º lugar de 2012 e 2014, e 98 pontos da Escola do Movimento, que se estreou no pódio. Perto ficaram a formação madeirense de Água de Pena (95 pontos) e o Gira Sol (93).

No setor feminino, a decisão só foi conhecida na última prova, com o Maia AC a repetir os títulos de 2014 e 2016, agora com 108 pontos, apenas mais um que a UC Eirense, que repetiu o 2º lugar de há um ano. O Marítimo completou o pódio (97,5 pontos), seguido do GA Fátima (95).

Destaques individuais: no setor masculino, Mauro Fonseca nos 110 m barreiras (15,39), Edgar Remédios nos 400 m barreiras (54,30), Filipe Guerreiro na altura (1,99), André Silva no triplo (14,76), Ricardo Freitas no disco (44,90) e Pedro Capela no martelo (51,94); no feminino, Tatiana Rosário nos 200 m (24,88), Elisabete Silva nas barreiras (14,59) e Ana Oliveira no triplo (13,03).

Ilha Verde e Esc. Movimento campeões da III Divisão

No Nacional da III Divisão, cuja 2ª jornada foi disputada de manhã, a formação açoriana da Juventude Ilha Verde renovou o título masculino de 2016, somando 112 pontos, contra 105 da Casa do Benfica de Faro e 104 da AC Póvoa de Varzim.

No setor feminino, triunfou a Escola do Movimento, que nos últimos anos estivera na II Divisão, após cerrado despique com o JOMA, há muitos anos na I Divisão mas ausente destes campeonatos em 2016. Apenas meio ponto separou as duas equipas: 104,5-104. O CA Mazarefes completou o pódio, com 99 pontos.

Individualmente, destaque para Andreia Felisberto nas barreiras (14,41), Sérgio Silva nos 200 m (21,58), Cláudio Pardal na altura (2,00), José Pinho no disco (44,78) e Marco Câmara no martelo (56,60).

Deixar Resposta