Carlos Cardoso e Vera Nunes dominam Corrida de S. António

0
3393

Junho em Lisboa é sinónimo de muita festa e alegria. A “culpa” é do Santo António, que entre as suas várias qualidades, chamou a atenção pelo seu admirável dom como pregador. Dom esse, que dava jeito para trazer mais gente para as corridas.

Numa noite ventosa q.b. mas excelente para correr, 2.471 participantes cortaram a meta. Menos 54 que o ano passado e longe dos 2.778 registados em 2014. Ainda assim, uma das provas mais participadas da capital.

Os 10 km do percurso tiveram em Carlos Cardoso (GFD Running) o seu vencedor em 32m44s, distanciado 24 s de Paulo Guimarães e 51 de Marco Mello (AM Atibá).

Em femininos, Vera Nunes (Indiv.) venceu tranquilamente em 36m56s, não dando hipóteses à sportinguista Kcénia Bougrova que ficou a 1m16s com Alexandra Alves a fechar o pódio a 2m14s. Celina Santos foi a última com 1h53m59s.

corrida-sExcelente organização

Esteve a alto nível a organização da prova. Blocos de partida que funcionaram devidamente, dois abastecimentos aos 3 e 6 km, em vez do único aos 5 km em provas de 10 km. Escoamento rápido dos atletas no final da prova e todos receberam o já tradicional manjerico. Venha a próxima edição!

OLGA SEVERYANOVA/CCD SIEMENS

russaTem 34 anos e é informática. Corre há um ano e estreou-se no “Corre Jamor”. Treina duas vezes por semana, já desistiu numa prova e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa corrida, valoriza mais o convívio e o percurso. Classificou-se em 1150º lugar da geral e 37ª no escalão com o tempo oficial de 53m58s.

 

PAULO SOARES/CCD SIEMENS

amigo-russaTem 37 anos e é informático. Corre há dois anos e estreou-se na S. Silvestre de Lisboa. Treina três vezes por semana, nunca desistiu e foram os cunhados que o influenciaram a vir para o atletismo. Valoriza mais o convívio e o controlo do trânsito. Foi o 812º da geral com 50m06s.

 

 

MARGARIDA FONSECA/INDIVIDUAL

corrida-s-antonio-margaridaTem 62 anos e é professora. Corre há 12 anos e estreou-se na Corrida do Hospital Amadora-Sintra. Treina duas vezes por semana e nunca desistiu numa prova. Foi o marido que a influenciou a aderir à modalidade. Numa prova, valoriza mais os abastecimentos e chegar bem ao fim. “Corro contra mim”. Classificou-se em 2341º lugar e 12ª do escalão com 1h21m57s.

 

JÚLIO MILHARADAS/GRUPO DESP. REPSOL POLÍMEROS

julioTem 65 anos e é desenhador. Estreou-se numa prova que ligou os Olivais a Alcântara (12 km). Treina raramente e nunca desistiu numa prova. Veio para o atletismo por influência de um colega de trabalho. Valoriza mais o convívio e o controlo do trânsito. Gostou muito da prova. “Ser à noite ajudou”. Classificou a organização como boa. Foi o 2262º com 1h15m10s.

 

MÁRIO MILHARADAS/GRUPO DESP. REPSOL POLÍMEROS

mario-milharadasTem 32 anos e é operador fabril. Corre há três anos e estreou-se na Corrida do 25 de Abril em Lisboa. Treina uma vez por semana, nunca desistiu e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa corrida, dá mais importância ao percurso. Gostou da prova e da organização. “Foi bom ser à noite, não havia calor”. Foi o 1842º com 1h02m20s.

 

RESULTADOS VII CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO/LISBOA (03/06)

Masculinos: 1º Carlos Cardoso (GFD Running) 32.44; 2º Paulo Guimarães (Indiv.) 33.08; 3º Marco Mello (AM Atibá) 33.35; 4º Pedro Sérgio (CCD Crédito Agr. Mútuo) 33.35; 5º Hugo Augusto (Belém Runners) 33.56; 6º Bruno Lourenço (Indiv.) 34.04; 7º Hélder Grosso (GFD Running) 34.11; 8º Leonardo Coelho (Run Lovers) 34.38; 9º Nuno Pinho (Indiv.) 34.44; 10º Tiago Sousa (Pastelaria Viriato) 34.45

Femininos:

1ª Vera Nunes (Indiv.) 36.56, 2ª Kcénia Bougrova (Sporting CP) 38.12; 3ª Alexandra Alves (Indiv.) 39.10; 4ª Céu Nunes (GFD Running) 39.45; 5ª Fernanda Santinha (Indiv.) 40.53

Deixar Resposta