Carlos Freitas e Alexandra Sousa vencem Corrida Dona Estefânia – Dia da Mãe

0
1912

(Fotos de Paulo Alfar)

Disputada na véspera do Dia da Mãe, a Corrida Dona Estefânia teve a mais fraca participação das oito edições, com apenas 107 classificados, menos de metade dos 219 do ano passado e bem longe dos 421 da 1ª edição. Só em Lisboa, também tivemos hoje a Corrida Terry Fox e amanhã, há ainda a Corrida da Defesa Nacional e a Lisbon Eco Marathon. São provas a mais para a mesma cidade.

É pena porque a Corrida Dona Estefânia merecia mais participantes, até porque se trata de um evento solidário com a receita a favor da Liga dos Amigos do Hospital Dona Estefânia.

D. estefânia-1ºOs 10 km do percurso tiveram em Carlos Freitas (Run Tejo) o seu vencedor no tempo de 35m55s, seguido de Carlos Almeida (Indiv.) a 52 segundos e José Simões (AA Mafra) a 2m15s.

Em femininos, Alexandra Sousa (JOMA) repetiu o triunfo obtido em 2017, agora em 39.13, 7º melhor registro da prova. A larga distância, ficaram Inês Marques (99 Provas Gratuitas), a longos 7m27s e Etelvina Vidal (Indiv.) a 9m02s. Mário Pires foi o último com 1h12m44s.

Realizou-se ainda uma Caminhada na distância de 4 km e atividades lúdicas para as crianças.

Origem do Dia da Mãe

Grécia Antiga e Roma

D. estefânia-1ªRemonta às comemorações primaveris da Grécia Antiga, em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses. Em Roma, as festas do Dia da Mãe eram dedicadas a Cybele, a Mãe dos Deuses romanos, e as cerimónias em sua homenagem começaram por volta de 250 anos antes do nascimento de Cristo.

Século XVII – Inglaterra

Celebrava-se no 4º Domingo de Quaresma um dia chamado “Domingo da Mãe”, que homenageava todas as mães inglesas.

Estados Unidos

Em 1904, Anna Jarvis ficou muito triste quando perdeu a sua mãe. As suas amigas decidiram organizar uma festa em memória à sua mãe e Anna quis que a festa fosse festejada para todas as mães, vivas ou mortas. Em 1914, a data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson e passou e ser celebrada no primeiro domingo de Maio.

RESULTADOS VIII CORRIDA DONA ESTEFÂNIA – DIA DA MÃE/LISBOA (04/05)

Masculinos

D. estefânia-pódio m.1º Carlos Freitas (Run Tejo) 35.55; 2º Carlos Almeida (Indiv.) 36.47; 3º José Simões (AA Mafra) 38.10; 4º Sérgio Malheiro Santos (Indiv.) 38.35; 5º Rui Henriques (FF Paz Mundial e Unificação) 38.39; 6º Jorge Correia (GDR Reboleira) 38.44; 7º Hugo Domingos (Linda-a-Pastora SC) 39.23; 8º Isidro Duarte (RB Running) 39.24; 9º Carlos Lopes (A Minha Corrida) 40.10; 10º Fábio Pratas (A Minha Corrida) 40.12

Femininos

D. estefânia-pódio f.1º Alexandra Sousa (JOMA) 39.13; 2ª Inês Marques (99 Provas Gratuitas) 46.40; 3ª Etelvina Vidal (Indiv.) 48.15; 4ª Cátia Fonseca (SS CGD) 49.44; 5ª Tânia Serrão (Indiv.) 50.10; 6ª Rute Sobral (Indiv.) 52.21; 7ª Rosa Freitas (Run Tejo) 52.29; 8ª Ana Gil (Run Tejo) 53.15; 9ª Manuela Veloso (Indiv.) 55.11; 10ª Ana Henrique (Indiv.) 55.52

Resultados completos em: http://xistarca.pt/resultados/corrida-dona-estefania

Deixar Resposta