Carlos Veiga em foco no «triangular» de saltos

1
627

Carlos Veiga, com um novo recorde pessoal no triplo (16,48), foi o atleta nacional mais em evidência no “triangular” de saltos Espanha-Itália-Portugal, realizado em Ávila, a mais de 1100 metros de altitude, o que ajuda um pouco… Mas também Anabela Neto, com 1,84 em altura (a um centímetro do seu melhor) esteve muito bem.

Com 16,48 (e ainda 16,29 e 16,23), Carlos Veiga esteve em muito bom plano, tendo progredido 10 cm e sendo agora o quarto português de sempre.

No salto em altura, Anabela Neto passou 1,84, igualando o seu melhor desta época e ficando a um centímetro do seu recorde pessoal. E o recorde nacional (1,88) não está longe…

Patrícia Mamona foi segunda no triplo, mas continua aquém dos 14 metros (13,73).

Há ainda a assinalar o recorde pessoal de Marcos Maio, que passou 2,10 em altura; o triunfo de Rubem Miranda sobre Diogo Ferreira na vara (mas ambos a 5,40); e o 2º lugar de Ivo Tavares no comprimento, com 7,82 ventosos (+2,9) – fez ainda 7,71/+1,3 m/s. Marta Onofre não se classificou na vara (falhou 4,00) e Hugo Brígido só fez dois ensaios no comprimento.

A Espanha ganhou o “triangular”, com 66,5 pontos, seguida da Itália (58,5) e Portugal (42).

Vencedores e portugueses:

Masculinos
Altura Marco Fassinoti I 2,21 5º Marcos Maio 2,10
6º Francisco Barreto 2,00
Vara Didac Salar E 5,50 2º Rubem Miranda 5,40
3º Diogo Ferreira 5,40
Comp. Hector Santos E 7,83/+0,5 2º Ivo Tavares 7,82/+2,9
6º Hugo Brígido 5,15/+1,4
Triplo Pablo Torrijos E 16,77/+1,3 2º Carlos Veiga 16,48/+1,0
5º Tiago Pereira 15,93/+0,2
Femininos
Altura Desiree Rossit I 1,90 2ª Anabela Neto 1,84
6ª Ana Oliveira 1,70
Vara Maialen Axpe E 4,30 4ª Eleonor Tavares 4,00
    Marta Onofre n/cl.
Comp. Juliet Itoya E 6,88/+2,4 5ª Evelise Veiga 6,10/+1,0
6ª Lucinda Gomes 6,05/+1,4
Triplo Dariya Derkach I 14,05/+1,2 2ª Patrícia Mamona 13,73/+1,1
6ª Shaina Mags 12,88/+1,3

1 Comentário

  1. “Com 16,48 (e ainda 16,29 e 16,23), Carlos Veiga esteve em muito bom plano, tendo progredido 10 cm e sendo agora o quarto português de sempre.”

    Não é o quarto português de sempre, mas sim o quarto português do ano e sexto de sempre.

    Ranking 2018
    1º 17,95 Pedro Pablo Pichardo
    2º 17,40 Nelson Évora
    3º 16,56 Tiago Pereira
    4º 16,48 Carlos Veiga

    Melhores de Sempre
    1º 17,95 Pedro Pablo Pichardo
    2º 17,74 Nelson Évora
    3º 17,09 Carlos Calado
    4º 16,66 José Leitão
    5º 16,56 Tiago Pereira
    6º 16,48 Carlos Veiga

Deixar Resposta