Caterine Ibarguen adia retirada para depois dos Jogos Olímpicos de Tóquio

0
326

A colombiana Caterine Ibarguen, campeã olímpica e mundial do triplo salto, adiou a sua retirada por um ano, de modo a poder disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021.

“Se Deus mo permitir, lá estarei. Até ao final da minha fabulosa carreira desportiva, sem importar o resultado, desfrutarei”, disse a atleta que prevê estar em Tóquio quando tiver 37 anos, numa declaração divulgada pela Global Sports Communication.

A colombiana, nascida em 12 de Fevereiro de 1984 e proclamada em 2018 como “Atleta Mundial do Ano” pela IAAF, considerou que a decisão de adiar os Jogos Olímpicos foi a decisão “mais sensata”.

A atleta obteve os mínimos para os Jogos Olímpicos em Maio do ano passado ao saltar 14,38 m numa competição disputada em Barranquilla.

Deixar Resposta