Cirurgia ao joelho: regresso à corrida deve ser lenta e gradual

0
2556

Se para o corredor, uma lesão pode ser um tormento, imagine a recuperação após uma cirurgia. Mais ainda de for uma cirurgia no joelho. Antes de calçar os ténis e voltar a correr, o foco é no período pós-operatório e na plena recuperação da articulação, que se não for bem feita pode comprometer as passadas .

É possível voltar a correr bem após uma cirurgia ao joelho, mas sempre entendendo as fases necessárias ao pós-operatório. Deve-se respeitar o tempo de cicatrização e regeneração do seu problema e sua condição. É recomendado o acompanhamento de um fisioterapeuta desportivo, pois ele saberá descrever a sobrecarga e atividades controladas e progressivas, observando os sinais clínicos que permitem uma progressão acelerada e segura.

Saber as limitações do seu corpo nesse “recomeço” é muito importante, para não cair num processo cíclico, que perpetua o problema e muitas vezes incapacita o praticante. O alerta vale por serem comuns nas clínicas de fisioterapia, praticantes amadores que desistem da atividade de forma precipitada por acharem que pela demora, não irão recuperar. Cada um deve respeitar o seu tempo biológico.

O mais indicado é o retorno gradual às atividades. Dessa forma, exercícios leves podem condicionar o organismo a preparar-se para as sobrecargas superiores no treino. E o retorno pode ser feito com a própria prática da corrida, trabalhando com os seus parâmetros.

Deixar Resposta