Clube de Futebol de Oliveira do Douro/Aposta certeira na Academia de Atletismo

0
2192

O Clube de Futebol de Oliveira do Douro criou a sua Academia de Atletismo em 2012. Tem atualmente 130 atletas, dos quais 90 da Formação. Com um orçamento de 20 mil euros, conta já com vários títulos no curriculum. A pista é o grande foco do clube.

O Clube de Futebol de Oliveira do Douro está situado na localidade de Oliveira do Douro, concelho de Vila Nova de Gaia. Fundado em 15 de Maio de 1932, tem cerca de mil sócios que pagam quotas mensais no valor de 3,5 euros (homens) e 2,5 euros (mulheres).

Atualmente, o clube é gerido por uma Comissão Administrativa, face à ausência de listas concorrentes à nova Direção.

Oliveira Douro-cartazCom sede situada no estádio do clube, tem atualmente três secções em funcionamento: Futebol Masculino, Futebol Feminino e Academia de Atletismo, esta com 130 atletas.

Foi um desafio lançado pelo então presidente João Paulo Correia à atleta olímpica Helena Sampaio e ao atual diretor Domingos Pinto. O desafio foi aceite e juntaram-se à equipa, os treinadores Ana Carneiro e Rui Pedro Pinto.

Aposta na Academia de Atletismo

Segundo Ana Carneiro, responsável da secção de atletismo, “a Academia de Atletismo criada em 2012 surgiu com o propósito de criar uma escola de formação e esse continuará a ser sempre o principal objetivo – formar atletas. A multidisciplinaridade está presente em todos os escalões de formação, incutindo nos atletas a importância da prática das diferentes disciplinas da modalidade. Gostamos que os nossos atletas conheçam no sentido mais verdadeiro da palavra, o atletismo”.

“A multidisciplinaridade está presente em todos os escalões de formação, incutindo nos atletas a importância da prática das diferentes disciplinas da modalidade”

130 atletas e 6 treinadores

Oliveira Douro-formaçãoDos 130 atletas, cerca de 90 pertencem à formação. Os atletas participam em provas de estrada, trail e pista, embora esta seja o grande foco da Secção.

O clube conta com seis treinadores distribuídos pelas várias especialidades: André Assunção – Treinador de Formação Benjamins; Angélica Pereira – Treinadora de Formação Infantis e Lançamentos; Ana Carneiro – Treinadora de Formação de Benjamins a Iniciados; António Pereira – Treinador de Marcha Atlética; Paulo Gomes – Treinador de velocidade e Barreiras; Rui Pedro Pinto – Treinador de Saltos e Meio Fundo.

Satisfação pelos resultados obtidos

Oliveira Douro-pódio nacional junioresAna Carneiro mostra-se muito satisfeita com os resultados obtidos pelos atletas, com vários títulos nacionais e internacionais. Refere-nos os exemplos a nível individual de Rúben Santos e Sandra Silva na Marcha Atlética, Diogo Saldanha nos Saltos e Sandro Baessa no Meio Fundo do Desporto Adaptado. A nível coletivo, destacam-se os pódios nacionais da equipa Júnior masculina, e os de campeões nacionais de Juvenis masculinos e 3º Divisão Feminina do ano transato. Os Veteranos já se sagraram tetra campeões regionais em masculinos e tricampeões regionais em femininos na pista ao ar livre.

“Queremos manter as presenças nos pódios nacionais individuais e coletivos e ambicionamos mais presenças dos nossos atletas nas seleções nacionais”

Objetivos para esta época

Para Ana Carneiro, os objetivos do clube “passam por insistir na captação e desenvolvimento dos atletas nos escalões de formação, garantindo a sua continuidade no clube e na modalidade. Concretamente, manter as presenças nos pódios nacionais individuais e coletivos e ambicionar mais presenças dos nossos atletas nas seleções nacionais”.

Oliveira Douro-LogotipoCLUBE DE FUTEBOL DE OLIVEIRA DO DOURO

Concelho: Vila Nova de Gaia

Ano fundação: 1932

Presidente: Comissão Administrativa

Sócios: 1.000

Atletas: 130

Técnicos: 6

Orçamento: 20.000 euros

Orçamento de 20 mil euros

O orçamento da Secção ronda este ano os 20 mil euros. O clube conta com os apoios da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Junta de Freguesia de Oliveira do Douro e das empresas Teixeira e Nascimento Lda e McDonald’s Gaia Fojo.

Oliveira Douro-pódio nacionalAna Carneiro afirma que os subsídios ficam aquém do desejado face ao rápido crescimento do clube, em boa parte devido ao aumento de presenças em campeonatos nacionais. “É de facto, a maior dificuldade na resposta às nossas necessidades atuais e à falta de apoios que sentimos, época após época”.

Para manter a sobrevivência da Academia, os atletas pagam uma mensalidade. Os apoios passam pela oferta de treinadores qualificados, fisioterapeuta, logística das competições e inscrições nas provas. Nenhum atleta é apoiado monetariamente.

“Diferenciamo-nos pela aposta na formação dos atletas e técnicos qualificados em todas as áreas do atletismo”

Organizador de eventos

Oliveira DouroA Secção organiza vários eventos, sendo uma forma de envolvimento de atletas, familiares e amigos do clube e um ótimo meio de divulgação do projeto. São exemplos, os Torneios de Pavilhão e Rua no circuito da Associação de Atletismo do Porto e o Grande Prémio de Marcha Atlética/Campeonato Regional de Marcha Atlética.

Pista mal apetrechada

Para Ana Carneiro, a principal dificuldade na prática da modalidade passa pela falta de apetrechamento da pista de atletismo, uma vez que todo o material necessário tem sido adquirido pelo clube ao longo dos anos. Refere ainda a dificuldade em conciliar os horários escolares com a prática da modalidade.

A terminar, Ana Carneiro quis salientar “um projeto humilde e amador, envolvido por pessoas muito competentes e empenhadas. Diferenciamo-nos pela aposta na formação dos atletas e técnicos qualificados em todas as áreas do atletismo – corridas, saltos, lançamentos e marcha atlética”.

Deixar Resposta