Clube brasileiro despede varista Thiago Braz, medalha de ouro olímpico no Rio 2016

0
357

O principal clube de atletismo do Brasil, o Esporte Clube Pinheiros, anunciou esta semana a rescisão de contrato com Thiago Braz, medalhado olímpico de ouro no salto com vara no Rio de Janeiro 2016.

O atleta tinha ainda mais oito meses de contrato. O clube vai ter de pagar uma multa por rescisão do contrato que será de 50% dos valores devidos até Dezembro.

O atleta faz parte da equipa desde 2017, quando voltou a morar no Brasil. O saltador vivia em Fórmia, na Itália, onde treinava com o técnico ucraniano Vitaly Petrov, consultor do Comité Olímpico Brasileiro. Um dos motivos internos para a rescisão seria a falta de retorno no investimento, pois o atleta não dava muita visibilidade ao clube.

Na nota oficial do Clube Pinheiros, pode-se ler:

“Thiago Braz é um excelente profissional e admirado por todos os Pinherenses. As competências dele são notáveis e nós do Pinheiros temos ciência disso. Esperamos retomar em breve a parceria com esse importante atleta”.

Deixar Resposta