Comer ovos diariamente: sim ou não?

0
966

O ovo ficou conhecido durante muito tempo por fazer mal à saúde porque a sua gema é rica em colesterol. No entanto, estudos mostraram que o colesterol presente nos alimentos naturais, tem um baixo risco de fazer mal à saúde, pois os alimentos processados é que desregulam o colesterol, como o bacon, salsichas, presunto, linguiça, biscoitos recheados e fast food.

Comer ovos diariamente não faz mal à saúde juntamente com uma alimentação equilibrada, e pode até trazer vários benefícios para o organismo como ajudar a controlar o colesterol, favorecer o ganho de massa muscular ou prevenir doenças nos olhos, por exemplo.

Assim, o ideal é cozinhar o ovo da forma mais natural possível, com água, por exemplo, evitando usar gorduras processadas como óleo ou manteiga.

Quantos ovos posso comer por dia?

Os estudos não mostram um consenso na quantidade de ovos permitida por dia, mas consumir cerca de uma a duas unidades por dia, faz bem à saúde em pessoas saudáveis, segundo a Associação Americana do Coração. Para pessoas com diabetes e com problemas do coração, o ideal é que o consumo seja no máximo, uma unidade por dia, juntamente com uma alimentação equilibrada para manter os níveis de colesterol e glicemia adequados.

Embora o ovo seja um alimento muito rico, também possui calorias e, por isso, quem está a fazer dietas muito restritas para perda de peso, deve consumir ovos com moderação.

Embora o ovo seja um alimento muito rico, também possui calorias e, por isso, quem está a fazer dietas muito restritas para perda de peso, deve consumir ovos com moderação.

Benefícios do ovo para a saúde

Além de não prejudicar o coração, outros benefícios são:

  1. Aumento da massa muscular, porque é uma boa fonte de proteínas;
  2. Prevenir doenças como cancro, por ser rico em antioxidantes, como triptofano e tirosina;
  3. Diminuir a absorção de colesterol no intestino, por ser rico em lecitina;
  4. Prevenir o envelhecimento precoce, por ser rico em selénio, zinco e vitaminas A e E;
  5. Combater a anemia, por conter ferro e ácido fólico;
  6. Proteger a visão, por conter os antioxidantes luteína e zeaxantina;
  7. Manter a saúde dos ossos, por conter cálcio e fósforo;
  8. Ajudar na formação da memória do feto e prevenir cancro de mama, por conter colina;

O ovo só está geralmente contraindicado em casos de alergia à albumina, que é a proteína deste alimento que está presente na clara.

Como preparar ovos de forma saudável

Algumas formas saudáveis de preparar o ovo e retirar os benefícios deste alimento incluem:

1. Cozinhar no micro-ondas

Uma receita fácil e prática é preparar o ovo no micro-ondas, pois não leva óleo. Para isso, deve-se esquentar um prato fundo no micro-ondas durante minuto, abrir o ovo no prato, temperar e furar a gema, para que ela não estoure. Em seguida, coloca-se tudo no micro-ondas por mais um minuto.

2. Fazer ovos escalfados em água a ferver

Deve colocar-se uma panela de água a ferver e quando surgirem as primeiras bolhinhas, mexer a água com uma colher, rodando sempre na mesma direção. Depois, deve-se quebrar o ovo cuidadosamente para dentro da panela, deixando o ovo cozinhar assim cerca de sete minutos. Por fim, deve-se retirar com o auxílio de uma escumadeira, deixando a água escorrer antes de colocá-lo no prato para servir.

3. Fritar ovo com água

Para evitar usar óleo, deve-se colocar o ovo numa frigideira antiaderente bem aquecida, adicionar uma colher de sopa de água e tapar a frigideira para que o ovo cozinhe com o vapor.

A melhor escolha é consumir o ovo cozido ou frito sem adição de óleo ou manteiga, para não aumentar a quantidade de calorias e de gordura consumida na dieta.

Teste para saber se o ovo está bom

ovo 2Uma boa forma de saber se o ovo ainda está bom para consumir é colocar o ovo ainda inteiro num copo com água. Se ele boiar é porque já contém muito ar no seu interior. Está velho ou estragado e não deve ser consumido. O ideal é consumir apenas o ovo que estiver no fundo do copo ou no meio da água.

Os ovos de casca branca ou marrom trazem os mesmos benefícios à saúde, sendo importante na hora da compra observar apenas a qualidade da casca, que deve estar limpa, fosca e sem rachas. Já quando o for cozinhar, a clara deve estar espessa e viscosa e a gema firme e centralizada, sem se desfazer após a quebra da casca.

Também é importante lembrar que os ovos devem ser guardados no frigorífico, de preferência na parte interna, pois a porta do frigorífico sofre muitas variações de temperatura, o que prejudica a conservação deste alimento.

Deixar Resposta