Comité Olímpico de Portugal de Portugal pede ao COI rapidez no adiamento dos Jogos Olímpicos

0
288

O Comité Olímpico de Portugal (COP) enviou esta segunda-feira uma carta a Thomas Rach, presidente do COI, solicitando uma decisão rápida quanto ao adiamento dos Jogos Olímpicos.

Na carta enviada a Thomas Bach, o COP reafirma a necessidade de não “colocar a saúde e as vidas dos atletas em causa nesta batalha que devemos travar juntos e no mesmo sentido. Hoje, mais do que nunca na nossa história recente, impõem-se decisões firmes.”

O COP explica ainda que existe no nosso país um quadro legal que permite a atividade dos atletas em condições particulares, mas “o acesso aos centros de treino, ainda que permitido, na prática não se torna fácil, devido à multiplicidade de entidades gestoras destes espaços, quer municípios, quer privados, que não têm condições para assegurar esse funcionamento sem pôr em risco os seus colaboradores.”

Para além disso, a desigualdade nas condições de treino será sempre um problema de difícil resolução. “Há modalidades desportivas que, por força das suas condições de treino, envolvem elevados níveis de exposição ao risco, não sendo possível encontrar soluções de treino em segurança, de acordo com as orientações das autoridades de saúde, o que acentua ainda mais os desequilíbrios competitivos e de preparação de atletas gerados por esta situação sem precedentes”.

 

Deixar Resposta