Comité Olímpico de Portugal satisfeito com adiamento dos Jogos Olímpicos

0
69

José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) mostrou-se satisfeito com o adiamento dos Jogos Olímpicos para 2021. “Foi a melhor solução e no tempo certo, pois vem evitar que o COP tenha mais despesas em viagens e alojamentos”.

Também José Manuel Lourenço, presidente do Comité Paralímpico de Portugal, se mostrou satisfeito com o adiamento. “É uma decisão que todos achávamos ser inevitável e que tem como objetivo preservar a saúde da população, dos agentes desportivos e garantir a verdade desportiva, o que não aconteceria se os Jogos fossem este ano”.

Jorge Vieira, presidente da Federação Portuguesa de Atletismo mostrou-se também satisfeito com o adiamento dos Jogos. Em declarações à agência Lusa, Jorge Vieira afirmou que seria “um absurdo” ter de esperar mais quatro semanas por uma decisão do COI e deixaria “atletas e organizações à beira do caos”.

Segundo um questionário revelado pela Comissão de Atletas Olímpicos, a maioria dos atletas portugueses integrados no projeto do COP, também queria o adiamento dos Jogos Olímpicos.

No inquérito enviado aos 89 atletas do Projeto Tóquio 2020, 74 deles queriam o adiamento, com cerca de 2/3 do universo total a propor a data de 2021. 82% dos atletas consideraram que se mantivessem as datas inicialmente previstas, os Jogos não seriam justos do ponto de vista desportivo. Apenas 42% deles consideraram ter as condições mínimas para treinar. Os resultados foram enviados à Comissão de Atletas do Comité Olímpico Internacional.

 

 

Deixar Resposta