Corredor corre ultramaratona de 2.100 km alimentando-se de fast food

0
1380

O neozelandês Perry Newburn, de 64 anos, correu cerca de 2.100 quilómetros no seu país no tempo recorde de 18 dias e oito horas, o que dá uma média de quase três maratonas por dia. Mas para além deste feito, houve um aspeto que chamou a atenção de todos e que teve a ver com a forma como Newburn se alimentou durante os 18 dias.

Ao planear a aventura, ele programou paragens em restaurantes da cadeia McDonald’s para alimentar-se ao longo de todo o percurso. E ao contrário de outros corredores que participavam na mesma aventura, ele preferiu não usar relógio com GPS. A sua equipa de apoio em mais da metade do percurso, foi o seu amigo Graeme Calder que conduzia uma Toyota à sua frente.

corredor-da-nova-zelandiaCerca de 50 pessoas correram com ele em diversos pontos do percurso. Newburn arrecadou vários milhares de dólares para uma organização de beneficência dedicada ao autismo.

Antigo viciado em drogas, Newburn disse à imprensa local que descobriu a corrida depois de abandonar a heroína no início dos anos 90, após uma batalha de 16 anos com a droga. “Correr era uma boa maneira de limpar a minha cabeça. Foi parte do processo de colocar novamente tudo de volta no espaço certo”, afirmou.

 

Deixar Resposta