“Correr com a asma” no dia 7 Maio no Parque das Nações

0
2353

Com o fim de assinalar o Dia Mundial da Asma que se celebra, todos os anos, na primeira terça-feira de Maio e que, este ano, terá lugar no próximo dia 2, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, vai desenvolver uma campanha de sensibilização dirigida à população com o fim de desmistificar o conceito de que o diagnóstico de asma é incompatível com a prática de exercício físico.

“Corra com a asma” é o mote desta campanha de sensibilização que será implementada no domingo, dia 7 de Maio, no Parque das Nações.

Numa manhã desportiva ao ar livre, não faltará uma aula de Zumba, uma sessão de yoga e uma corrida de cerca de 4 km. O mesmo percurso pode ser em caminhada. As atividades terão início às 9h30 com a distribuição de material pelos participantes, junto ao pavilhão MEO Arena. A corrida e caminhada terão início às 10h00, seguida da aula de zumba e da sessão de yoga.

Os interessados em participar na corrida devem inscrever-se previamente através do e-mail pneumologia@eventosbyt.pt.

Um dos objetivos desta campanha é mostrar que é possível aos asmáticos fazerem uma vida normal, sem limitações, sendo recomendada a prática regular de exercício físico.

Cerca de um milhão de portugueses (10% da população nacional) sofrem de asma, mas apenas um terço das pessoas que apresentam queixas fazem algum tipo de medicação.

A doença pode ocorrer em qualquer idade e, embora tenha pouco impacto em termos de mortalidade, pode condicionar a qualidade de vida dos doentes e está associada a uma elevada taxa de internamentos e ao consumo de muitos recursos de saúde. A par do subdiagnóstico, o subtratamento continua a ser um dos principais problemas que condicionam o controlo adequado da asma.

Para além de chamar a atenção para a relação entre a asma e o desporto, a campanha “Corra com a Asma” tem também como objetivos esclarecer sobre a doença e alertar para os seus principais sintomas e impacto na qualidade de vida, salientar a importância do diagnóstico precoce e do controlo adequado, e lembrar que, se for bem controlada, a asma não representa uma limitação na vida diária.

Deixar Resposta