Correr de manhã ou à noite?

0
435

Há quem considere que é preferível treinar no período da manhã por observar várias vantagens sobre outros períodos.

Ao treinar de manhã cedo, a pessoa sente-se mais disposto para encarar o dia no pós-treino. Essa energia que se pode sentir de manhã, não funciona à noite. Há quem treine à noite e note que os fluidos químicos que o corpo liberta lhe causam um grande problema na hora de dormir, levando horas para voltar ao ‘normal’. Ou seja: o que é benéfico no período da manhã, torna-se um problema à noite.

Outra vantagem, é que se perder o treino na parte da manhã, pode compensar nos restantes períodos, facto que não ocorre à noite. Neste horário, o treino perdido, será perdido. Para quem mora em grandes cidades, o deslocamento à noite é sempre mais complicado, com trânsito mais intenso, gerando um stresse maior para se chegar ao local do treino.

Em épocas como no inverno, as chuvas torrenciais que possam cair ao final da tarde e início da noite, podem ser um limitador para quem não gosta de correr nestas condições, além de claro, criar congestionamentos, que como referido mais acima, causam um stresse maior. E se o seu chefe ou a sua empresa pode precisar de si para concluir uma tarefa inadiável (o que é cada vez mais usual nos dias de hoje…), lá se vai o treino noturno.

Enfim, talvez que o mais difícil seja sair cedo da cama para ir correr antes de ir trabalhar. Também depende muito dos horários de cada um. Mas já encontrámos atletas que treinam regularmente às 5 e 6 horas da madrugada. É quando podem!

Deixar Resposta