Corrida do Avante/Corrida à moda antiga

2
2925

Se há corridas que se mantêm fieis ao passado, a do Avante é uma delas. Tal como acontecia há dezenas de anos, as inscrições são gratuitas (e podiam ser feitas até dez minutos antes da partida!), não há chips, há um cordão de controlo a meio do percurso (que não pedem na meta) e as chegadas são feitas em fila pirilau (mas cortámos a meta a correr). O pior foi a confusão com os caminheiros (muitos deles na frente!) a partirem ao mesmo tempo dos corredores, obrigando estes a perder tempo nas primeiras centenas de metros. E depois nos últimos 1.400 metros, tivemos a estrada ocupada por quem corria, quem caminhada e quem já regressava da corrida. Foi um ziguezague constante que nos pareceu desnecessário. Bastava a Organização ter colocado umas baias separadoras para aqueles que corriam.

E também não entendemos porque é que nem todos aqueles que cortaram a meta, aparecem na classificação. A Organização dizia no regulamento que para efeitos de classificação, o controlo encerrava 1h10m após a partida. Aceitou até à 1h21m59s mas deixou de fora quem chegou depois. Quem correu a mais de 7m20s/km, foi ignorado.

Dos quatro atletas que entrevistámos, não encontrámos um deles na classificação (nem o nome nem o número dorsal). Outro, aparece mas com mais de 20 minutos do que o tempo feito!

Triunfos de Pedro Arsénio e Ana Dias

corrida-do-avante-2017-006“Esquecidas estas questões”, há que dizer que o percurso é agradável, com boa parte dos 11.400 metros corridos junto à baía. Este ano, tivemos 2 km entre o 5º e o 7º bem acidentados, num constante sobe e desce. Marcada a partida para as 9h30, ela foi dada com oito minutos de atraso. Muito calor, amenizado um pouco pela hora da partida.

Pedro Arsénio (Beja AC) que o ano passado havia sido segundo, venceu agora em 35m32s, derrotando o vencedor das três anteriores edições, Nelson Cruz (Clube Pedro Pessoa) por 15 segundos com o sportinguista Miguel Marques a fechar o pódio a 29 segundos.

Em femininos, venceu Ana Dias (NDC Odemira) a 1m31s seguida de Lara Glória (Casa Povo Corroios) a 1m09s.

Por equipas, venceu o Ingleses FC com 71 pontos, seguido do Clube Pedro Pessoa com 113 e do Vitória FC com 149.

Realizou-se ainda uma Caminhada na distância de 6 km com um elevado número de participantes.

Nota: Já depois de o artigo ter sido publicado, recebemos de um leitor esta chamada de atenção acerca da vencedora: “Quem recebeu o prémio de vencedora da classificação geral feminina na corrida do Avante foi a atleta Ana Dias do NDC Odemira… e parece que justamente… pois seguindo a ordem das fotos na linha da meta o tempo atribuído à ateta Anabela Delgado dorsal 2701 pertence a um atleta da Odimarq dorsal 2071…. que não aparece nas classificações”

JOÃO CARREIRAS/INDIVIDUAL

corrida-do-avante-2017-joao-carreirasTem 63 anos e está reformado. Corre há dez anos por sua iniciativa e treina atualmente quatro vezes por semana. Numa prova, valoriza mais o percurso e o divertimento. Nunca desistiu e gostou da organização. Aproveita o bilhete/convite para ir depois à Festa. Fez 1h01m17s mas aparece na classificação com 1h21m46s.

 

BRUNO AFONSO/INDIVIDUAL

corrida-do-avante-2017-bruno-afonsoTem 39 anos e é técnico de manutenção. Corre há seis anos e veio para a modalidade por sua iniciativa. Estreou-se na S. Silvestre de Lisboa e treina 1/2 vezes por semana. Numa prova, dá mais atenção ao bem-estar e ao percurso. Nunca desistiu e gostou da organização. Fez 59 minutos mas não aparece na classificação. Vem à Festa aproveitando o bilhete/convite.

ALZIRA SOBRAL/CCR ALTO DO MOINHO

corrida-do-avante-2017-alzira-sobralTem 55 anos e é ajudante de ação direta (apoio domiciliário). Corre há sete anos por sua iniciativa e estreou-se numa corrida no Monte da Caparica com 4 km. Treina cinco vezes por semana e numa prova, gosta de chegar ao fim e dá ainda atenção aos abastecimentos. Nunca desistiu e quanto à organização, criticou a confusão da partida e chegada com os caminheiros. Fez 55m35s e foi a 684ª da geral e 9ª do escalão. Pensa ir à Festa.

ANTÓNIO SOBRAL/ CCR ALTO DO MOINHO

corrida-do-avante-2017-antonio-sobralTem 60 anos e é comerciante. Corre há oito anos e também se estreou numa corrida no Monte da Caparica com 4 km. Veio para o atletismo por sua iniciativa e treina 4/5 vezes por semana. Valoriza mais a questão do trânsito numa prova e nunca desistiu. Também criticou a mistura cos atletas com os caminheiros. Foi o 803º da geral com 57m44s e pensa ir à Festa com o convite.

RESULTADOS 30ª CORRIDA DO AVANTE/SEIXAL (03/09)

Masculinos

1º Pedro Arsénio (Beja AC) 35.32; 1º Nelson Cruz (Clube Pedro Pessoa) 35.47; 3º Miguel Marques (Sporting CP) 36.01; 4º Marco Teixeira (Indiv.) 36.04; 5º Plácido Jesus (Marinha-CEFA) 36.18; 6º Isaías Gomes (Belém Runners) 36.23; 7º Artur Santiago (Bomb. Vol. Dafundo) 36.30; 8º João Bragadeste (UF Comércio e Indústria Atletismo) 36.38; 9º David Tavares (Ingleses FC) 36.44; 10º Luís Silva (Ingleses FC) 37.13.

Femininos

1ª Ana Dias (NDC Odemira) 42.24; 2ª Lara Glória (C. Povo Corroios) 43.33; 3ª Sofia Monteiro (Outsystems O. Oeiras) 43.34; 4ª Verónica Romero (Indiv.) 44.23

Equipas

1º Ingleses FC (71); 2º Clube Pedro Pessoa (113); 3º Vitória FC (149); 4º AA Mafra (219); 5º CDR Ribeirinho (284).

2 Comentários

  1. Quem recebeu o prémio de vencedora da classificação geral feminina na corrida do Avante foi a atleta Ana Dias do NDC Odemira… e parece que justamente… pois seguindo a ordem das fotos na linha da meta o tempo atribuido á ateta Anabela Delgado dorsal 2701 pertence a um atleta da Odimarq dorsal 2071…. que não aparece nas classificações

    • Caro Ilídio,

      Só agora li a sua observação acerca da vencedora. Muito obrigado.
      Cumprimentos,
      Manuel Sequeira

Deixar Resposta