Curiosidades da Liga de Diamante

0
1864

 

Terminada a edição de 2017 da Liga de Diamante, existente desde 2010, eis algumas curiosidades divulgadas pela IAAF.

  • Nove atletas repetiram as vitórias de 2016: Conseslus Kipruto QUE (3000 m obstáculos), Christian Taylor EUA (triplo), Caster Semenya AFS (800 m), Sandra Perkovic CRO (disco) e Ekaterini Stefanidi GRE (vara) juntaram esta vitória ao título mundial; Elaine Thompson JAM (100 m), Ruth Jebet BAH (3000 m obstáculos), Ivana Spanovic SER (comprimento) e Jakub Vadlejch CHE (dardo) falharam o título mundial mas ganharam a Liga de Diamante.
  • Sandra Perkovic ganhou, aos 27 anos, a sua sexta Liga de Diamante no disco, somando já 38 vitórias em meetings da competição, num total de 45 presenças.
  • Barbora Spotaková ganhou o dardo da Liga de Diamante em 2010 e 2017 – o maior intervalo de sempre.
  • Shaunae Miller-Uibo, vencedora dos 200 e 400 m, tornou-se a quarta atleta a ganhar a Liga de Diamante em duas provas no mesmo ano, sucedendo a Allyson Felix em 2010 (200 e 400 m), Carmelita Jeter em 2011 (100 e 200 m) e Shelly-Ann Farzer-Pryce em 2013 (100 e 200 m).
  • Maria Lasitskene, vencedora do salto em altura, tornou-se a quinta atleta a ganhar todas as provas do ano (seis).
  • Embora tenha chegado ao fim a série de sete vitórias de Renaud Lavillenie no salto com vara da Liga de Diamante (era totalista), ele mantém o recorde de presenças em meetings – são agora 51.
  • Nove atletas ganharam a Liga de Diamante (e 50 mil dólares) ao triunfarem nas finais, sem terem ganho anteriormente qualquer das provas de qualificação: Chijindu Ujah (100 m), Isaac Makwala (400 m), Sergey Shubenkov (110 m barreiras), Kyron McMaster (400 m barreiras), Andrius Gudzius (disco), Jakub Vadlejch (dardo), Sally Pearson (100 m barreiras), Ruth Jebet (3000 m obstáculos) e Olga Rypakova (triplo).
  • Foram este ano batidos oito recordes da Liga de Diamante:

– Doha: dardo – Thomas Rohler 93,93

– Shangai: comprimento – Luvo Manyonga 8,61

– Eugene: triplo – Christian Taylor 18,11; 200 m – Tori Bowie 21,77

– Lausana: 400 m – Wayde van Niekerk 43,62; milha – Genzebe Diaba 4.16,05; altura – Maria Lasitskene 2,06

Mónaco: 800 m – Caster Semenya 1.55,27

Deixar Resposta