Demitido Yuri Ganus, Diretor Geral da Agência Antidoping da Rússia

0
124

O Comité Olímpico e o Paralímpico da Rússia foram unânimes em demitir Yuri Ganus, responsável da Agência Antidoping da Rússia (RUSADA), seguindo a recomendação do Conselho Supervisor da própria Agência. O advogado desta, Mikhail Bukhanov fica como diretor interino até que um novo nome seja indicado para substituir Ganus nos próximos seis meses.

Ganous tinha acusado as autoridades do seu país de serem responsáveis pelas falsificações do laboratório antidopagem de Moscovo, que levou, no final de 2019, à exclusão da Rússia dos Jogos Olímpicos e competições desportivas mundiais por quatro anos.

Entretanto, no início do mês, a sua demissão tinha sido proposta com base em irregularidades administrativas e financeiras.

A WADA já se pronunciou num comunicado sobre a demissão de Ganus e reforçou as suas preocupações sobre a independência da RUSADA. “É um elemento crítico do Código Mundial Antidopagem que as organizações nacionais antidopagem, como a RUSADA, permaneçam protegidas de interferências nas suas decisões e atividades operacionais, a fim de conduzir o seu trabalho de forma independente e eficaz.

 

Deixar Resposta