Departamento de Justiça dos EUA pede pena de morte para o bombista da Maratona de Boston

0
152

Mais de sete anos após o atentado à bomba na Maratona de Boston que vitimou três pessoas e deixou 264 feridos, um dos autores dos ataques, Dzhokhar Tsarnaev aguarda ainda uma sentença definitiva. Nesta sexta-feira, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos pediu ao Supremo Tribunal que a pena de morte seja restabelecida.

O atentado à bomba durante a Maratona em Boston ocorreu em 15 de Abril de 2013. Quatro dias depois, após buscas e intensa investigação do FBI, Tamerlan Tsarnaev foi morto após troca de tiros com a polícia e o seu irmão, Dzhokhar acabou capturado e preso para ser condenado em Maio de 2015 à sentença de morte por injeção letal.

No entanto, a pena foi anulada pelo Primeiro Tribunal de Apelações em Boston, que ordenou um novo julgamento para Dzhokhar. Na época, ativistas contra a pena de morte fizeram diversos protestos contra a pena máxima dada ao autor dos ataques.

O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse à agência Associated Press que o Departamento de Justiça faria “o que fosse necessário” para aplicar a pena de morte ao autor dos ataques.

 

Deixar Resposta