Doping: atletas russos preocupados com o seu estatuto neutro

0
237

Atletas russos pediram ontem à sua Federação que pague a multa imposta pela World Athletics. Se ela recusar pagar, eles correm o risco de não poderem competir, sob bandeira neutra.

Na última segunda-feira, Nicole Jeffery, porta-voz da World Athletics, citado pela agência de imprensa TASS, afirmou que a Rússia ainda não tinha pago a multa de cinco milhões de dólares (4,4 milhões de euros), na qual tinha sido condenada em Março último, pelas sus infrações ao regulamento antidoping. A Federação tem um prazo até 1 de Julho para proceder ao pagamento, caso contrário, a sua quota de dez atletas neutros autorizados a competir sob bandeira neutra, será suspensa.

Maria Lasitskene, Sergey Shubenkov, campeão mundial dos 110 m barreiras em 2015 e Anzhelika Sidorova, campeã mundial do salto com vara, publicaram uma carta aberta no Instagram. “Nós pedimos aos dirigentes da Federação de expressarem abertamente, num prazo razoável, a realidade das possibilidades dos atletas em concorrer na cena internacional e um plano claro de saída da crise”.

Os três atletas estão céticos quanto ao seu futuro: “Três semanas antes da data limite, parece que os atletas russos faltarão de novo à próxima época internacional, mas também os Jogos Olímpicos de Tóquio… O não respeito das obrigações contraídas pela Federação resultará na exclusão definitiva dos atletas russos da Federação internacional”.

Lasitskene, Shubenkov e Sidorova são três grandes candidatos a figurarem na lista dos dez atletas autorizados a competir internacionalmente.

Deixar Resposta