Doping chega à montanha

0
3376

O eritreu Petro Mamu foi sancionado pela IAAF por consumir Fenoterol, um medicamento que está na lista de substâncias proibidas desta entidade que regula o atletismo e o trail running mundial. Trata-se de um medicamento que só se toma para superar a asma e pela sua capacidade em abrir as vias respiratórias.

Mamu alegou que desconhecia que este medicamento estava proibido e tomou-o para competir no Campeonato Mundial de Corridas de Montanha da WMRA que teve como cenário o Giir di Mont, corrida que Mamu conhecia bem por haver lá vencido em 2015, num tempo recorde.

A sanção para este corredor detentor das marcas de 29.17; 1.04.07 e 2.15.54 nos 10 km, Meia Maratona e Maratona, foi de nove meses, período no qual não poderá competir, sendo também despojado do título mundial que será entregue a Francesco Puppi.

 

 

Deixar Resposta