Doping: Varista norte-americano Cole Walsh suspenso por seis meses

0
288

O norte-americano Cole Walsh, décimo no salto com vara nos últimos Mundiais disputados em Doha, em Outubro 2019, foi suspenso por seis meses na sequência de um controlo positivo que acusou tétrahydrocannabinol (THC), principal elemento ativo da marijuana.

Walsh, de 24 anos, é detentor de um recorde pessoal de 5,83 m. Ele foi controlado em 29 de Janeiro no meeting de pista coberta realizado em Cottbus, na Alemanha, onde foi terceiro, atrás do seu compatriota Sam Kendricks e do belga Ben Broeders.

“Como Walsh seguiu com sucesso um programa educativo a propósito do seu consumo de marijuana, o seu período de suspensão (iniciado a 29 Janeiro) foi reduzido em três meses”, afirmou a USADA, a agência antidoping norte-americana.

Deixar Resposta