Doroteia Peixoto ganhou (com mínimo) a Maratona de Dusseldorf

0
3964

Doroteia Peixoto ganhou este domingo a Maratona de Dusseldorf (Alemanha), com 2h32m00s, precisamente a marca de qualificação para o Mundial de Londres. A atleta dos Amigos da Montanha, agora treinada por Ricardo Ribas, tinha como recorde pessoal 2h36m01s, em Sevilha’2016.

Foi uma vitória conseguida nos quilómetros finais, face à tanzaniana Sara Makera, que liderou, isolada, o setor feminino até ser ultrapassada já depois dos 40 km de prova. Ela passou com quase dois minutos de vantagem aos 30 km e ainda levava 29 segundos aos 40 km. Mas depois perdeu mais de minuto e meio nos 2,195 km finais, concluindo em grandes dificuldades, em 2h33m08s.

Doroteia Peixoto, de 24 anos, doseou muito melhor o esforço: fez a primeira metade da prova em 1.15.14 e a segunda metade em 1.16.42.

O pódio foi completado pela paraguaia Carmen Martinez, em 2.35.17. No setor masculino, triunfou o ugandês Robert Chemonges, com 2.10.32.

Uma vez que Jéssica Augusto, Sara Moreira e Dulce Félix já anunciaram que não pretendiam correr a maratona no Mundial (optando pelos 10.000 m), o caminho encontra-se livre para Catarina Ribeiro, Filomena Costa e Doroteia Peixoto serem as opções nacionais.

Depois de vários anos sem vitórias nacionais em maratonas internacionais (desde 2009, a exceção fora Filomena Costa em Sevilha’2015), este foi já o terceiro triunfo nacional do ano, depois de Vera Nunes em Zurique e de Jéssica Augusto em Hamburgo.

Deixar Resposta