Em Espanha como em Portugal: Mulher no pódio com homem a correr por ela

0
1617

Os casos de batota nas corridas populares são uma praga em todo o mundo. Se em Portugal, são inúmeros os casos em que homens correm com dorsais de mulheres, criando muitos problemas às Organizações na elaboração das classificações, o mesmo se passou recentemente em Espanha,  na cidade de Cenicero, em La Rioja.

Registrada com o número 889 na Carrera Entre Viñedos de Cenicero, Carolina Castresana subiu ao pódio para receber o prémio de terceira classificada no seu escalão, em seniores. No entanto, Castresana não percorreu sequer um quilómetro. Ela deu o seu dorsal a um homem, que percorreu todo o trajeto e cortou a meta por ela.

fraudeespanha2Ninguém teria notado a fraude se não fosse Jesus Fernandez, um outro participante da prova. Na sua conta no Twitter, Fernandez anexou uma foto que mostra o homem que correu por Castresana terminando a prova. Na mesma montagem, ainda há uma imagem de Castresana posando com o seu prémio.

“Estamos investigando o que aconteceu com o dorsal 889. Obrigado por comunicarem ações que mancham todo o trabalho de uma organização. As provas gráficas são óbvias. O clube decidirá em breve”, anunciou a empresa que promoveu o evento.

Após ter conhecimento do caso, a Organização da prova desclassificou Castresana.

Deixar Resposta