Etson Barros com melhor tempo nos obstáculos entre os inscritos no Europeu de juvenis

2
2078

Já são conhecidas as listas de inscritos no Campeonato da Europa de Juvenis, a realizar em Gyor (Hungria), entre 5 e 8 de julho, num total de 1135 atletas de 50 países. A prova com mais inscritos (54) é a de 100 m femininos, enquanto os 3000 m (F) e o disco (M) terão apenas 16 concorrentes e os 3000 m (M), 17.

Etson Barros, líder mundial nos 2000 m obstáculos, com o seu recorde nacional de há dias (5.46,11), é o atleta com melhor recorde pessoal de entre os 24 inscritos na prova, sendo seguido por dois franceses, com 5.47,53 e 5.51,18 como melhores tempos. Bem classificado está também Pedro Buaró, cujos 4,80 na vara o colocam (a par de vários outros), como 13º, tendo, pois, como primeira meta, a passagem à final. Bem difícil a tarefa dos restantes, incluindo da estafeta medley, com 17 países inscritos.

Nacional de Juniores com Mundial à vista

Entretanto, realiza-se esta fim-de-semana, em Vagos, o Nacional de Juniores, última competição na qual há a possibilidade de obtenção de mínimos para o Mundial de Tampere (Finlândia), entre 10 e 15 de julho. São os seguintes os 13 atletas já com mínimos:

Masculinos:

400 m                            João Coelho (SL Benfica)

800 m                            Marcelo Pereira (NA Taipas)

10000 m                        Alexandre Figueiredo (SL Benfica)

Disco                             Emanuel Sousa (SL Benfica)

Martelo                         Ruben Antunes (J. Vidigalense)

Dardo                            Leandro Ramos (SL Benfica)

Decatlo                         Manuel Dias (SL Benfica)

Femininos:

800/1500 m                   Patrícia Silva (SL Benfica)

800/1500/3000 m          Mariana Machado (SC Braga)

100 bar.                         Marisa Carvalho (Benfica)

10000 m marcha           Maria Bernardo (CO Pechão)

Inês Reis (Sporting CP)

Joana Pontes (GA Casais do Vento)

Perto das marcas pedidas estão quatro outros atletas: Delvis Santos, com 10,56 nos 100 m (mínimo: 10,55); Isaac Nader, com 3.48,08, e Ruben Sousa, com 3.48,41 nos 1500 m (3.48,00); Nuno Pereira, com 1.51,18 nos 800 m (1.50,00) e 3.49,18 nos 1500 m (3.48,00). Marisa Carvalho, já com mínimo nas barreiras, pode consegui-lo também no comprimento: tem 6,12 e precisa de 6,15.

Depois da dupla vitória do Sporting no Nacional de Juvenis (masc. e fem.), o Benfica tentará o seu nono título júnior masculino consecutivo, enquanto no setor feminino, J. Vidigalense (2015), Benfica (2016) e Sporting (2017) ganharam nos três últimos anos e o Benfica sagrou-se campeão de pista coberta esta época.

2 Comentários

    • Caro Arlindo,
      Mais uma vez, os meus agradecimentos pela sua chamada de atenção.
      Cumprimentos,
      Manuel Sequeira

Deixar Resposta