Europeu Berlim – Dia 11 manhã/Cabecinha é 8ª com Espanha a marchar para 2 ouros e uma prata

0
2598

Portugal não teve representantes em masculinos. Edna Barros desistiu

Os 20 km marcha tiveram na Espanha uma superioridade incontestável, refletida na conquista dos dois primeiros lugares em masculinos e do primeiro em femininos.

A partida das mulheres acabou por ser dada conjuntamente com os homens, devido a questões de segurança e que terão estado num cheiro a gás nas imediações da prova. Esta situação provocou alguma confusão, com muitas ultrapassagens deles a elas.

Maria Perez coroada rainha com novo recorde dos campeonatos

A prova teve um ritmo bem elevado. Aos 10 km, estava na frente a lituana Zivile Vaiciukeviciute com 43m59s, seguindo Ana Cabecinha em oitava com 44m11s. Mais atrás, Edna Barros passou em 49m32s.

Aos 69m30s, a espanhola Maria Perez ultrapassou a checa Anezka Drahotova e assumiu o comando da prova e não mais o perdeu. A 1 km da meta, ela passou em 1h22m22s com Cabecinha em 8º lugar em 1h25m01s.

No final, a espanhola venceu em 1h26m36s, novo recorde dos campeonatos, com Anezka Drahotova a 27 segundos e a italiana Antonella Palmisano a 54. Cabecinha foi uma honrosa oitava com 1h29m49s, com mais oito segundos que o seu melhor desta época.

Com este resultado, ficou pela 6ª vez num dos oito primeiros lugares em Jogos Olímpicos, Campeonatos Mundiais e Europeus.

Edna Barros desistiu depois dos 11 km, onde passou em 55m07s, então a 6m44s da frente. Classificaram-se 28 marchadoras, três foram desclassificadas e uma desistiu (a portuguesa)

Resultados

1ª Maria Perez (Espanha) 1.26.36; 2ª Anezka Drahotova (Rep. Checa) 1.27.03; 3ª Antonella Palmisano (Itália) 1.27.30; 4ª Brigita Virbalyte (Lituânia) 1.27.59; 5ª Zivile Vaiciukeviciute (Lituânia) 1.28.07; 6ª Laura Garcia-Caro (Espanha) 1.28.15; 7ª Inna Kashyna (Ucrânia) 1.29.16; 8ª Ana Cabecinha (Portugal) 1.29.49; 9ª Valentina Tripletti (Itália) 1.29.57; 10ª Nadiya Borovska (Ucrânia) 1.30.38

Ouro e prata espanhola nos homens

Portugal esteve ausente da prova. A Espanha esteve em grande destaque ao conquistar os dois primeiros lugares e ainda o sexto. Aos 10 km, ainda seguia na frente, um grupo com 21 elementos, separados por apenas sete segundos. Aos 15 km, o grupo já só tinha dez elementos, dos quais três alemães e dois espanhóis. O ritmo aumentou depois com o grupo a perder unidades. Na frente, ficaram apenas os espanhóis Alvaro Martin e Carrera Garcia e o russo Vasiliy Mizinov. À 1h14m, Martin desferiu um forte ataque que o deixou isolado, a caminho do ouro. Partiram apenas 28 marchadores, tendo sido cinco deles desclassificados.

Resultados

1º Alvaro Martin (Espanha) 1.20.42; 2º Carrera Garcia (Espanha) 1.20.48; 3º 3º Vasiliy Mizinov (Rússia); 4º Stano Massimo (Itália) 1.20.51; 5º Nils Brembach (Alemanha) 1.21.25; 6º Angel Lopez (Espanha) 1.21.27; 7º Tom Bosworth (Grã-Bretanha) 1.21.31; 8º Hagen Pohle (Alemanha) 1.21.35; 9º Kevin Campion (França) 1.21.52; 10º Alex Wright (Irlanda) 1.22.18

 

 

 

 

Deixar Resposta