Europeu de Berlim- dia 7 tarde/Arnaudov é 9º no peso

0
1988

20.57

Britânico Zharnel Hughes sagra-se rei nos 100 metros

Grande final de tarde para a seleção britânica ao conquistar duas medalhas de ouro nas finais dos 100 metros. Zharnel Hughes ganhou o ouro com 9,95 s, com o seu compatriota Reece Prescod a ser prata em 9,96 s. A medalha de bronze ficou para o turco Jack Al Ali com 10,01. O francês Jimmy Vicaut, um dos grandes favoritos, não compareceu na final.

20.50

Dobradinha polaca no Lançamento do Peso

A Polónia repetiu o feito conseguido no Martelo ao ficar com as medalhas de ouro e prata, deixando o bronze para a Alemanha.

Venceu Michal Haratyk com 21,72 m, seguido de Konrad Bukowiecki com 21,66, novo recorde polaco sub-23. David Storl foi terceiro com 21,41 enquanto o português Tsanko Arnaudov foi nono com 20,33.

20.45

Britânico Tim Duckworth comanda Decatlo

Com a realização dos 400 metros, a 5ª prova do dia, o Decatlo é comandado pelo britânico Tim Duckworth com 4.380 pontos. Seguem-se-lhe o alemão Arthur Abele com 4.285 e pelo norueguês Martin Roe com 4.282.

A prova ficou marcada na parte da manhã pelos três nulos no salto em comprimento dos três franceses, com particular destaque do grande favorito, Kevin Mayer. Os outros dois franceses – Romain Martin e Ruben Gado – mantêm-se em prova ma são naturalmente últimos.

20.40

Britânica Dina Asher Smith é a nova rainha nos 100 metros

A britânica Dina Asher Smith foi uma vencedora incontestável na final dos 100 metros ao cruzar a linha de meta em 10,85 s, melhor marca anual. A alemã Gina Luckenkemper surpreendeu ao chegar à prata com 10,98, igualando o recorde europeu sub-23. A holandesa Dafne Schippers ficou com o bronze ao terminar em 10,99, sua melhor marca do ano.

20.08

Tsanko Arnaudov falha três lançamentos finais no peso

Tsanko Arnaudov ficou fora dos três lançamentos finais ao ser 9º ao fim dos três primeiros com uma sequência de 19,93/20,05 e 20,33. O português tinha 21,27 como melhor esta época, na pista coberta de Pombal.

19.57

Francês Morhad Amdouni campeão europeu dos 10.000 metros

Numa prova marcada por muitas desistências, entre elas, a de Samuel Barata, as medalhas foram decididas ao sprint por quatro atletas com o francês Morhad Amdouni a vencer em 28.11,22. As restantes medalhas foram para o belga Bashir Abdi com 28.11,76 e para o italiano Y. Crippa com 28.12.15. O espanhol Adel Mechaal ficou fora das medalhas ao ser quarto com 28.13,78. O último quilómetro foi percorrido em 2.33,21.

19.18

Polacos com ouro e prata na final do Martelo

A Polónia dominou o lançamento do martelo ao conquistar as medalhas de ouro e  prata através de Wojciech Nowicki com 80,12 m e Pawel Fajdek com 78,69. A medalha de bronze ficou para o húngaro Bence Halász com 77,36.

18.45

Portugueses falham apuramento para final dos 100 metros

Depois de ontem os três velocistas portugueses terem conseguido o apuramento para as meias-finais (os três espanhóis foram eliminados!), a tarefa de algum deles passar à final apresentava-se muito difícil.

Na 1ª meia-final, Carlos Nascimento apresentou-se com o 4º tempo da época na sua série mas terminou em 6º com 10,31 e ficou afastado da final.

Na 2ª meia-final, Yazaldes Nascimento foi 3º com 10,22, ficando também afastado da final ainda antes de se saber os resultados da 3ª série onde participou José Lopes. Este, detinha o pior tempo da época dos oito participantes e terminou a sua prova em 6º com 10,40. O último apurado por tempos foi o turco Emre Barnes com 10,21. Yazaldes ficou assim a um escasso centésimo da final.

Em femininos, Loréne Bazolo, de 35 anos, tinha o pior tempo das oito participantes da sua série e foi naturalmente última com 11,46, marca que fica longe do seu melhor de 11,21 obtida em 2016. Lorene precisava de fazer menos de 11,27 para aceder à final.

Depois da primeira medalha de ouro conquistada por Portugal através da marchadora Inês Henriques nos 50 km e do apuramento para as meias-finais dos 400 metros, a parte da tarde terá a presença de mais seis portugueses: Samuel Barata (final de 10.000 m); os quatro velocistas nas meias-finais dos 100 m: Lorène Bazolo, Carlos Nascimento, Yazaldes Nacimento e José Lopes. Finalmente, Tsanko Arnaudov na final do lançamento do peso, a partir das 19h33m.

 

 

Deixar Resposta