Evelise Veiga surpreende no Meeting da Maia

2
1603

Evelise Veiga, até agora essencialmente dedicada ao comprimento, foi a atleta-sensação do Meeting da Maia, ao conseguir 14,32 no triplo (v:+0,6 m/s), mínimo para o Mundial de Doha e marca que a coloca como terceira portuguesa de sempre, depois de Patrícia Mamona (14,65) e Susana Costa (14,43). A atleta sportinguista deu grande réplica a Patrícia Mamona, que ganhou com 14,42 (v:+3,1 m/s), na melhor prova da noite. Portugal tem agora nada menos de três triplistas com mínimos para o Mundial.

Destaque ainda para Mariana Machado, que derrotou a queniana do Sporting Fancy Cherono nos 3000 m (9.01,86-9.08,90) e começa a ameaçar o histórico recorde nacional júnior de Fernanda Ribeiro (8.56,33 em 1987), que ninguém mais aproximou.

Houve alguns outros resultados de relevo nesta reunião do circuito de meetings da Federação mas há uma nota que sobressai: a ausência de vários dos principais nomes que constavam das listas de concorrentes. Não foi o caso dos saltadores em comprimento, numa das provas mais aguardadas e na qual o espanhol Eusébio Cáceres, com 7,89 (v:+1,1), derrotou Marcos Chuva, 7,84 (+0,9) e Ivo Tavares, 7,66 (+1,7). Mas foi o caso do dardo, prova à qual faltaram Leandro Ramos e Tiago Aperta, o novo e o anterior recordistas nacionais.

Carlos Nascimento, com 10,31, foi folgado vencedor dos 100 m (destaque ainda para os 10,52 de Delvis Santos); houve luta renhida nos 400 m entre João Coelho (47,56) e Mauro Pereira (47,58); Isaac Nader confirmou a sua valia nos 1500 m, que ganhou com 3.43,77 face a Paulo Rosário (3.45,15); e Tiago Pereira alcançou a melhor marca nacional do ano na altura (2,17).

Foram vários os atletas que conseguiram (ou confirmaram) mínimos para os Europeus de Sub’23 e juniores. Foi o caso dos sub’23 João Coelho (47,56) e Mauro Pereira (47,58) nos 400 m; Isaac Nader (3.43,77) e José Carlos Pinto (3.45,57) nos 1500 m; e Patrícia Silva (4.23,35) e Andreia Pingueiro (4.25,17) nos 1500 m; e dos juniores Miguel Moreira (3.47,36) nos 1500 m; e Mariana Machado (9.01,86) e Lia Lemos (9.29,53) nos 3000 m.

Eis os vencedores (e melhores portugueses):

Masculinos: 100 m – Carlos Nascimento SCP 10,31; 400 m – João Coelho SLB 47,56; 1500 m – Isaac Nader SLB 3.43,77; 3000 m – Hugo Almeida SCB 8.04,53; 110 bar. – João Oliveira SLB 13,70; 400 bar. – Micael Jesus (BRA) 51,07, Ricardo Lima SCB 52,62; altura – Tiago Pereira SCP 2,17; comprimento – Eusébio Cáceres (ESP) 7,89, Marcos Chuva SLB 7,84; dardo – Mário Marques SCB 63,19.

Femininos: 100 m – Lorène Bazolo SCP 11,47 (11,43 na elim.); 400 m – Rivinilda Mentai SLB 54,82; 800 m – Beatriz Pereira (MAC) 2.17,80; 1500 m – Patrícia Silva SLB 4.23,35; 3000 m – Mariana Machado SCB 9.01,86; 400 bar. – Rafaela Hora C+SL 62,13; triplo – Patrícia Mamona SCP 14,42 vf; dardo – Cláudia Ferreira SCP 48,69.

2 Comentários

  1. Se alguém me souber responder…

    Nesta prova
    -Qual foi o melhor salto regulamentar da Patrícia Mamona?
    -Qual foi a série de saltos que fizeram a Patrícia Mamona e a Evelise Veiga?

Deixar Resposta