Ex-atleta olímpico correu todos os dias em mais de meio século!

0
2446

Os mais velhos lembrar-se-ão do britânico Ron Hill que participou em três Jogos Olímpicos e chegou a vencer a maratona de Boston em 1970. Foi ele que correu todos os dias durante 52 anos e 39 dias!

No passado 29 de Janeiro, o britânico Ron Hill, de 78 anos, participante em três Jogos Olímpicos, terminou a sua odisseia de correr todos os dias. A façanha, que obrigava Hill a correr como mínimo, uma milha diária, levava já 52 anos e 39 dias, a maior conhecida na história dos corredores.

A nota de imprensa publicada por Streak Runners International, assinalava que Hill, residente em Hyde, nos arredores de Manchester, “teve problemas cardíacos e vai parar um pouco para ter um bom diagnóstico e, esperamos, uma cura”.

No dia 28 de Janeiro, Hill correu a última milha da sua odisseia. “Depois de uns 400 metros, começou a doer-me o peito e nos últimos metros, o problema foi-se agravando”, segundo o comunicado. “Pensei que ia morrer mas pude terminar a milha em 16m34s. Não há outra opção, devo parar. Devo-o a minha mulher, à minha família, aos meus amigos e a mim mesmo”.

Em 2014, quando foi entrevistado pela Runner’s World, devido aos seus 50 anos a correr diariamente, Hill afirmou: “Espero viver 100 anos e continuar a correr”. Nos primeiros 50 anos desta aventura, fez uma média de 11 km diários mas a partir dos 75 anos, a média baixou para uns 40 km semanais.

foto-ron-hill

Quando era atleta de alta competição

Ron Hill participou nos Jogos Olímpicos em 1964, 1968 e 1972. Em Tóquio 1964, foi 18º nos 10.000 metros com 29m53s. Venceu a maratona de Boston em 1970 com 2h10m30s, que passou a ser então recorde do circuito. Foi o segundo homem a baixar das 2h10m na maratona com uma marca de 2h09m28s. Foi recordista das 10 milhas, 15 milhas e 25 km em estrada.

Segundo a Streak Runners International, o maior número de dias seguidos a correr pertence agora a Jon Sutherland, da Califórnia, que com 66 anos de idade, leva 47 anos e 8 meses correndo sem parar. Segundo Sutherland, “Hill foi um pioneiro, uma das pessoas mais importantes da corrida” Sutherland afirmou ainda que Hill queria completar apenas quatro anos quando começou a correr diariamente.

 

Deixar Resposta