Ex-presidente da IAAF, Lamine Diack será julgado em Janeiro 2020

0
104

O processo de Lamine Diack terá lugar entre 13 e 23 de Janeiro de 2020, no tribunal correcional de Paris. O antigo presidente da IAAF, de 86 anos de idade, é acusado de corrupção, branqueamento e abuso de confiança.

O senegalês será julgado com outros cinco protagonistas mas só dois deles deverão assistir aos debates: Gabriel Dollé, antigo responsável da luta antidoping da IAAF (corrupção) e Habib Cissé, antigo conselheiro jurídico de Diack (cumplicidade de corrupção).

Papa Massata Diack, filho de Lamine Diack (corrupção, branqueamento e abuso de confiança), Valentin Balakhnichev, antigo presidente da federação russa (corrupção e branqueamento) e Alexei Melnikov, treinador russo (corrupção), serão igualmente julgados no tribunal mas estão refugiados nos seus países e não deverão assistir ao seu processo.

Deixar Resposta