Falhas no sistema tramam Marcos Chuva

1
2181

Segundo notícia hoje o jornal Record, Marcos Chuva aguarda uma decisão do Conselho Nacional Antidopagem acerca do seu problema com o doping.

Ao que parece, o atleta mudou de morada, de email e de contactos pessoais. Marcos Chuva terá introduzido as alterações no sistema mas este não terá registado a mudança. Tal terá ocasionado três falhas de localização por parte da Autoridade AntiDopagem de Portugal (ADoP).

O atleta já terá explicado o que se passou e reunido com Rogério Jóia, presidente da ADoP.

Segundo os regulamentos, um atleta que tenha três falhas no sistema de localização nos últimos 12 meses, pode incorrer numa suspensão entre um e dois anos. A Federação Portuguesa de Atletismo já se mostrou sensível aos argumentos de Marcos Chuva e pretende uma redução da pena para seis meses.

 

1 Comentário

Deixar Resposta