FC Vizela/Do futebol à aposta no atletismo

0
401

O FC Vizela foi fundado em 1939 e tem atualmente 35 atletas na sua Secção de Atletismo. Eduardo Guimarães é o presidente do clube e o orçamento da Secção ronda os 15 mil euros

O FC Vizela foi fundado por Agostinho de Lima em 1 de Janeiro de 1939 mas só no dia 16 de Junho do mesmo ano é que elegeu os seus órgãos sociais. O futebol foi naturalmente o motor impulsionador do novo clube que na época de 1984/1985, jogou pela primeira e única vez, na 1ª Divisão Nacional.

FC Vizela-atletasMas o FC Vizela não se resume atualmente apenas ao futebol. Eduardo Guimarães é o atual presidente que tem 1.500 sócios que pagam quotas no valor de 60 euros anuais, com os jovens e os reformados a pagarem metade.

O clube tem a sua sede localizada nas instalações do estádio e tem três secções em funcionamento: futebol, atletismo e basquetebol, envolvendo mais de 350 praticantes, número que deve subir para mais de 400 a partir da próxima época desportiva.

“Todos os nossos atletas são especiais, e todos têm um compromisso tremendo com o clube”

Secção de Atletismo com 35 atletas

A Secção de Atletismo foi criada em 1988 e tem neste momento, 35 atletas, muitos deles jovens. Rui Ferreira é o responsável da Secção que tem três treinadores: Joaquim Santos, Isabel Silva e Rui Ferreira.

FC Vizela-presidente e viceOs atletas participam em provas de estrada e pista e o seu comportamento desportivo e cívico merece o agrado do clube. Segundo o vice-presidente da Direção, Pedro Oliveira, é habitual dizer aos seus atletas: “A nossa alegria é ver-vos correr “. Logo, é compreensível a sua resposta quando lhe perguntámos se há algum atleta que mereça uma referência especial: “Todos os nossos atletas são especiais, e todos têm um compromisso tremendo com o clube”.

Os objetivos para a próxima época passam pelo aumento do número de atletas e a obtenção do maior número de títulos possíveis, individuais e coletivos.

FC VIZELAFC Vizela-logotipo

Concelho: Vizela

Ano fundação: 1939

Presidente: Eduardo Guimarães

Sócios: 1.500

Atletas: 35

Técnicos: 3

Orçamento: 15.000 euros

Orçamento de 15 mil euros

O orçamento da Secção ronda os 15 mil euros. As receitas provêm de um subsídio da Câmara Municipal de Vizela, correspondente a inscrições e seguros, (através de uma forma específica de cálculo), de algumas empresas e dos sócios. Tudo somado não é suficiente para as atividades da Secção. Ainda assim e de acordo com Pedro Oliveira, a situação tem vindo a melhorar.

FC Vizela-criançasComo mais uma fonte de receita, a Secção pretende organizar ainda este ano, a “Rota do Bolinhol”, para já sem data marcada devido à pandemia do coronavírus. Para esta iniciativa e para além de uma empresa organizadora de eventos, o clube conta especialmente com o apoio dos pais dos atletas.

“Em Vizela, não existe um espaço digno para a prática da modalidade”

Falta de uma pista no concelho

A principal dificuldade encontrada pela Secção refere-se à falta de uma pista para os atletas treinarem. Segundo Pedro Oliveira, “Em Vizela, apesar da modalidade ter uma grande importância para a cidade e conseguir bastantes títulos, não existe um espaço digno para a prática da modalidade. Temos de recorrer a um concelho vizinho para a prática da mesma. Em Vizela, por vezes, treinamos num Parque Natural, costumamos ter imensos problemas no Outono e Inverno, devido ao piso irregular e falta de luz”.

FC Vizela-coordenadorA terminar, Pedro Oliveira quis realçar a existência de uma estrutura técnica de imensa qualidade e o facto de duas ex-atletas do clube e atualmente atletas olímpicas, Salomé Rocha e Catarina Ribeiro, treinarem com o clube.

Deixar Resposta