Federação queniana reage às acusações de doping do canal alemão ZDF

0
533

A Federação queniana reagiu ontem após a difusão do documentário do canal alemão ZDF que coloca em causa atletas quenianos acusados de doping. A Federação não confirma nem desmente as acusações.

Na noite de domingo, a ZDF revelou que oito atletas quenianos selecionados para o Mundial de Doha, estariam dopados. De acordo com o documentário, a Federação queniana e a Agência Antidoping queniana (ADAK) estavam implicados neste assunto.

Segundo a Federação queniana, “na ausência de provas materiais ou de informações suplementares, a Federação não pode confirmar nem desmentir a credibilidade destas alegações”.

Ainda segundo a Federação, “desde a criação da Agência nacional antidoping, a Federação já não efetua … controlos antidoping e não tem acesso a nenhum resultado de controlo. As acusações que existem sobre a Federação de ter podido dar cobertura a casos positivos, são no mínimo ridículas e parecem vir de uma pessoa que não conhece claramente a situação atual no Quénia”.

Brett Clothier, responsável da Unidade de Integridade de Atletismo, declarou ontem que a sua organização havia lançado um inquérito sobre as acusações divulgadas no documentário da ZDF.

 

Deixar Resposta