Federação Russa de Atletismo já pagou a multa à World Athletics

0
96

A World Athletics já confirmou que a Federação Russa de Atletismo pagou ontem a multa no valor de 6,31 milhões de euros (5 milhões + 1,31 de custas), fundamental para impedir que a entidade fosse banida das competições internacionais da modalidade.

A Federação está suspensa desde Novembro de 2015, quando vieram a público casos de doping financiados pelo governo russo.

O pagamento da multa, segundo a Federação, foi efetuado mediante um subsídio do ministro do Desporto, Oleg Matytsin, que havia garantido que o valor seria pago até 15 deste mês. O prazo inicial era até 1 de Julho.

Além da multa, para garantir o seu regresso às competições, a Federação precisa ainda de definir um novo plano interno de reformas e comprovar que tem sido efetiva nos esforços para a promoção de uma cultura anti-doping na modalidade.

A multa imposta à Federação foi aprovada pela World Athletics em Março, depois de uma investigação sobre o saltador em altura, Danil Lysenko, de 23 anos, suspenso por oito anos depois de se ter envolvido num escândalo no doping que incluiu outros sete funcionários da entidade, incluindo o ex-presidente Dmitry Shlyakhtin.

A World Athletics exigia que pelo menos metade da multa fosse paga até Julho. No entanto, a Federação russa alegou dificuldades financeiras e atrasou o pagamento, o que levou o então presidente, Yevgeny Yurchenko, a renunciar ao cargo.

Em resposta ao atraso, a World Athletics suspendeu os trabalhos do Conselho de Revisão de Doping, que orientavam a atuação dos atletas russos com estatuto neutro nas competições internacionais.

Deixar Resposta