Francisco Belo 3º e Tsanko 4º na Taça da Europa de Lançamentos

0
2580

Depois de já ter estado em foco no disco da primeira jornada, Francisco Belo voltou a ser o melhor português este domingo, na Taça da Europa de Lançamentos, em Las Palmas, ao ser 3º no peso, com um novo recorde pessoal de 20,52m, a escassos 17 cm do vencedor, o bósnio Mesud Pezer, e a 5 cm do segundo, o espanhol Carlos Tobalina. Tsanko Arnaudov, que era o principal favorito, depois do seu recorde nacional de 21,08 há uma semana, no Europeu de pista coberta, esteve longe do que vale, sendo quarto com 20,25. Coletivamente, Portugal foi quarto entre os seniores masculinos, com 4118 pontos, a melhor posição e a melhor pontuação de sempre. Se o quarto lugar tem um valor relativo, já que apenas cinco países se classificaram, a pontuação (4118 p.) é relevante, uma vez que supera em 63 pontos o máximo anterior, de 2014.

Francisco Belo fez uma prova em crescendo, com 19,59 e 19,84 a abrir, aproximando-se depois do seu melhor (20,23 no 3º ensaio) e chegando aos 20,52 no 4º lançamento (dois nulos a fechar). Melhorou mais 17 cm e já superou em 94 centímetros o seu melhor da época passada! Tsanko obteve os 20,25 no quinto ensaio, os quais lhe valeram um honroso (mas algo dececionante) quarto lugar. Para Francisco Belo foi a 10ª medalha nacional nesta competição (no escalão de seniores) e a 7ª no peso.

Apenas um outro sénior nacional competiu nesta segunda jornada: António Vital Silva ficou-se pelos 65,75m no martelo, bem aquém do que vale.

Em excelente plano esteve a sub’23 Daniela Paço, que bateu o seu recorde pessoal no martelo (de 56,78m na época passada para 56,96, no 5º ensaio, fazendo depois 56,86 no 6º). Já Juliana Pereira, com 46,15m no disco, ficou longe do que vale (já 51,04 esta época) e foi a única das sub’23 nacionais que não fez melhor que nesta mesma competição em 2016. Mesmo assim, Portugal, embora 7º e último entre os países classificados, fez a melhor pontuação de sempre: 3356 pontos, mais 133 pontos que há um ano.

De referir a queda de três recordes da competição, através do dardista alemão Julian Weber (sénior), com 85,85m, e dos sub’23 Osman Ozdeveci (Turquia), com 19,61m no peso, e Adrian Mardari (Moldávia), com 82,34m no dardo.

Resultados completos em: http://www.rfea.es/competi/2017_ECPWT_GranCanaria/resultados.htm

Os vencedores e os portugueses na jornada de hoje:

  VENCEDORES     PORTUGUESES   AT.
SENIORES (M):          
Peso Mesud Pezer BOS 20,69 3º Francisco Belo 20,52 (17)
Martelo Quentin Bigot FRA 76,55 19º António Vital Silva 65,75 (23)
SENIORES (F):          
Disco Melina Robert-Michon FRA 62,35     (18)
Dardo Martina Ratej SLO 60,66     (15)
SUB’23 (M):          
Peso Osmen Ozdeveci TUR 19,61     (16)
Dardo Adrian Mardari MOL 82,34     (14)
SUB’23 (F):          
Disco Claudine Vita ALE 58,76 12ª Juliana Pereira 46,15 (14)
Martelo Marinda Peterson SUE 67,95 14ª Daniela Paço 56,96 (18)

Por equipas: Seniores (M) – 1º Itália, 4329; …; 4º Portugal, 4118 (5 eq.); Seniores (F) – 1º França, 4239 (4 eq.); sub’23 (M) – 1º Alemanha, 4184 (7 eq.); sub’23 (F) – 1º Alemanha, 3881; …; 7º Portugal, 3356 (7 eq.).

 

 

 

Deixar Resposta