Fundista francesa acusa EPO

0
588

Segundo revelou o site Spé.15, a fundista Ophélie Claude-Boxberger acusou EPO num controlo antidoping efetuado em 18 de Setembro último.

A francesa, especialista dos 3.000 m obstáculos fez parte da equipa nacional que participou recentemente nos Mundiais de Doha, tendo sido eliminada nas eliminatórias.

Em entrevista a um jornal francês, a atleta nega ter-se dopado com EPO.

O anúncio do controlo positivo de Ophélie Claude-Boxberger surge num momento em que o atletismo francês enfrenta outras situações de doping. Clémence Calvin, acusada de ter evitado um controlo em Abril, vai ser julgada pela Agência francesa de luta contra o doping. E Morhad Amdouni é acusado de haver adquirido produtos dopantes, segundo um documentário do canal alemão ARD, difundido em Outubro.

Deixar Resposta