Gerson Baldé (2,17 na altura) em foco no Portugal-Espanha em saltos

0
357

O júnior sportinguista Gerson Baldé esteve em foco no Portugal-Espanha em saltos, esta quarta-feira realizado no Estádio Universitário de Lisboa, ao passar 2,17 no salto em altura, marca que o coloca como sétimo português de sempre e o segundo júnior, a três centímetros do recorde nacional da categoria de Victor Korst. Baldé, que na época passada tinha 2,02 como recorde pessoal, tem progredido ao longo da época, com 2,15 em pista coberta e, depois, 2,16 em maio. Conseguiu agora 2,17, tentando depois 2,20, sem êxito. Ganhou a prova, seguido do também júnior Gonçalo Veloso, que passou 2,05.

De uma forma geral, este encontro ficou longe do esperado, já que a Espanha apresentou segundos planos e vários dos melhores portugueses também estiveram ausentes. Destaque para os 6,46 (vento: +1,2 m/s) de Evelise Veiga, ainda aquém do mínimo para o Mundial de Doha (6,72), que ela persegue. Eleonor Tavares ganhou o salto com vara, com 4,21 (Marta Onofre ficou-se pelos 4,01) e Anabela Neto passou 1,81 na altura, a um centímetro da sua melhor marca nacional do ano. Destaque ainda para o recorde pessoal de Ana Oliveira, que conseguiu 13,49 no triplo (v: +0,4), a três centímetros do seu recorde pessoal, de 2018.

No setor masculino, Tiago Pereira chegou a 16,24 no triplo (v:+1,9) e Ivo Tavares a 7,48 no comprimento (v:+0,7). Na vara, Diogo Ferreira, que estava previsto, não competiu (Pedro Buaró ficou-se pelos 4,80).

Resultados completos em http://resultados.fpatletismo.pt/prova.aspx?id=1903034&date=14/08/2019

Deixar Resposta