Guinness Book muda regra de traje e reconhece recorde da enfermeira britânica

0
884

O Guinness Book anunciou a mudança de um dos seus critérios e concedeu a Jessica Anderson o recorde mundial da maratona com uniforme de enfermeira. A britânica completou a Maratona de Londres em 3h08m22s, mas o seu tempo não tinha sido considerado válido pela entidade devido à sua roupa.

Jessica, que é enfermeira, correu com o seu uniforme de calças e camisas azuis. Mas o Guinness não havia aceitado o seu tempo porque, de acordo com as regras do livro, os uniformes de enfermeira eram compostos por vestidos brancos ou azuis, um avental, e um chapéu branco.

O facto rapidamente ganhou as páginas dos principais jornais do mundo, até o Livro dos Recordes anunciar o reconhecimento da roupa levada pela britânica como uniforme de enfermeira.

“Ao longo do fim de semana, ficou bastante claro para o Guinness que nossos critérios para o recorde de maratona mais rápida com o uniforme de enfermeira estavam ultrapassados, incorretos e refletiam um estereótipo que nós não queremos perpetuar”, diz uma nota emitida pela entidade que estabelece os recordes.

“Nós queremos pedir desculpas e aceitamos toda a responsabilidade por termos rejeitado erroneamente o feito de Jessica Anderson”, completa o texto, assinado pela vice-presidente da entidade Samantha Fay.

Enfermeira do serviço público britânico de saúde, Jessica Anderson correu a Maratona de Londres após arrecadar fundos para a organização Barts Charity, que apoia a unidade de tratamento do Royal Hospital de Londres, onde ela trabalha há sete anos.

A polémica sobre o recorde ajudou a divulgar a campanha de doação e a enfermeira já arrecadou mais de cinco mil libras – a sua meta era de 500 libras. No dia da maratona, a contagem estava em três mil libras.

Deixar Resposta