Hélder Santos e Emília Pisoeiro vencem Corrida do Bodo em Pombal

0
2069

(Fotos Mafalda Lima)

O atletismo associou-se mais uma vez às tradicionais Festas do Bodo com a disputa da sua 36ª corrida que tem a distância de 10 km desde 2010, substituindo a anterior distância da meia maratona.

Em masculinos, o Sporting CP dominou por completo a prova, colocando cinco atletas nos cinco primeiros lugares, ainda que Andralino Furtado apareça na classificação como individual.

O triunfo pertenceu a Hélder Santos em 30m36s, com Licínio Pimentel a um escasso segundo e Andralino Furtado a sete. Filipe Rosa (ADR Águas Belas) foi o primeiro atleta a cortar a meta sem a camisola leonina ao ser sexto com 31 minutos.

Em femininos, Emília Pisoeiro (RD Águeda) que havia sido segunda o ano passado, venceu destacada 34.42, deixando a sportinguista Susana Godinho a 54 segundos e a salgueirista Marisa Barros a 1m24s. Arlindo Rodrigues foi o último com 1h20m24s.

Realizou-se ainda a Corrida das Farturas na distância de 3 km e que teve como vencedores, David Lopes (ADC e Rec. do Bairro dos Anjos) em 10m32s e Catarina Ferreira (CPR-a-do-Barbas) em 12m41s.

Não faltou a tradicional Caminhada também com 3 km e que foi bastante participada.

Quebra de participantes

Corria do Bodo 2018-1Classificaram-se 496 atletas, uma quebra face aos 539 do ano passado e ao número recorde de 582 verificados em 2016.

A Corrida das Farturas teve 58 participantes, menos 13 que no ano passado.

Excelente organização

A organização mereceu mais uma vez o agrado geral. Estava calor mas perfeitamente suportável. Ainda assim, não faltaram chuveiros e abastecimentos ao longo do percurso com três voltas ao circuito.

A distribuição de prémios foi demorada mais tempo que o habitual por culpa exclusiva de quem corre. Na classificação feminina com direito a prémio, houve quem corresse com um dorsal feminino pertencendo ao sexo oposto.

Muito público, particularmente nas imediações da meta. Apenas não gostamos do percurso. Tal como muitos atletas, somos de opinião que era preferível um percurso com duas voltas. Não é muito agradável ter de passar três vezes pela meta e só contar a última.

DANIEL MOTA/INDIVIDUAL

Corrida do Bodo2018-Daniel MotaTem 30 anos e é operário fabril. Treina 2/3 vezes por semana e esta foi a sua primeira prova. Faz ainda musculação e treina com um plano de treinos. Não vai correr este ano uma maratona. Classificou-se em 471º lugar com 60m56s.

 

 

CAROLINA FELIZ/UNIÃO DE TOMAR

Corrida do Bodo2018-Carolina FelizTem 59 anos e é funcionária pública. Corre há 30 anos e estreou-se numa corrida de 10 km, numa aldeia da sua região. Treina duas vezes por semana, sem um plano de treinos. Não pratica outra modalidade e não pensa correr este ano uma maratona. Foi a 279ª da geral e 7ª do escalão com 46m26s.

 

 

ONDINA LEAL/ACRM SILVEIRINHA GRANDE CLARAS

Corrida do Bodo2018-Ondina LealTem 46 anos e é empregada balcão. Corre há um ano e estreou-se numa prova de 17 km no Louriçal. Treina duas vezes por semanas, sem um plano de treinos e não pratica outra modalidade. Não pensa correr uma maratona este ano. Foi a 473ª da geral e 33ª do escalão com 61m25s.

 

 

Corrida do Bodo2018-Rui RochaRUI ROCHA/INDIVIDUAL

Tem 20 anos e trabalha num supermercado. Não costuma correr, treinou apenas uma vez para esta prova. Não pratica outra modalidade. Classificou-se em 376º lugar com 50m52s.

 

 

Origem das Festas do Bodo

As Festas do Bodo, tradicionalmente festejadas em Pombal remontam ao período Medieval criadas por D. Maria Fogaça. Pessoa muito devota mandou construir uma capela onde se pudesse ouvir missa todos os dias e nela colocou a imagem de Nª Senhora de Jerusalém. Depois de uma grande praga de gafanhotos e, invocando a proteção de Nª Senhora, o pároco promoveu uma procissão prometendo à Virgem uma festa se Deus os livrasse deste mal. O milagre deu-se no último Domingo de Junho e a festa passou a realizar-se. No ano seguinte, D. Maria Fogaça tomou por sua conta a festa mandando fazer a oferta devida ao pároco: 2 bolos de farinha de trigo que, por serem demasiado grandes, ficaram tortos no forno. Vendo isto, um criado entrou no forno para os consertar e daí saiu ileso, o que foi considerado um milagre.

RESULTADOS 36ª CORRIDA DO BODO/POMBAL (28/07)

Masculinos

1º Hélder Santos (Sporting CP) 30.36; 2º Licínio Pimentel (Sporting CP) 30.37; 3º Andralino Furtado (Indiv.) 30.43; 4º Hugo Correia (Sporting CP) 30.57; 5º Nuno Lopes (Sporting CP) 31.00; 6º Filipe Rosa (ADR Águas Belas) 31.00; 7º Vítor Oliveira (Maia AC) 31.19; 8º Pedro Cruz (CD S. Salvador do Campo) 31.24; 9º Francisco Rodrigues (SC Braga) 31.52; 10º Tiago Marques (CA Seia) 32.05

Femininos

1ª Emília Pisoeiro (RD Águeda) 34.42; 2ª Susana Godinho (Sporting CP) 35.36; 3ª Marisa Barros (SC) 36.06; 4ª Sandra Protásio (JOMA) 37.20; 5ª Olga Serbyn (AC Fátima) 38.26; 6ª Sandra Teixeira (Sporying CP) 38.26; 7ª Margarida Dionísio (ACR Sª Desterro) 38.38; 8ª Alexandra Oliveira (UC Eirense) 38.56; 9ª Alexandra Sousa (JOMA) 39.35; 10ª Tetyana Vakulyuk (Caracol Trail Team) 40.14

CORRIDA DAS FARTURAS 3 KM

Masculinos

1º David Lopes (ADC e Rec. do Bairro dos Anjos) 10.32; 2º Pedro Ferreira (ADC e Rec. do Bairro dos Anjos) 10.35; 3º Tiago Gonçalves (ADC e Rec. do Bairro dos Anjos) 10.38

Femininos

1ª Catarina Ferreira (CPR-a-do-Barbas) 12.41; 2ª Erica Lavos (ID Vieirense) 14.11; 3ª Maria Henriques (ID Vieirense) 14.12

Deixar Resposta