Hélio Gomes suspenso por dois anos

2
2364

O sportinguista Hélio Gomes, de 33 anos, só deverá poder regressar à competição em 2019 depois de ter sido detetado com EPO, num controlo antidoping efetuado em 11 de Junho do ano passado, após uma prova de 3.000 m na Bélgica.

Segundo a edição de hoje do jornal Record, o atleta deve conhecer nas próximas semanas o castigo que deve ficar em dois anos.

Hélio Gomes era então treinado pelo espanhol António Serrano, cessando a ligação depois de ter acusado o doping.

2 Comentários

  1. Que vergonha só levar 2 anos. Tantos por muito menos levam igual castigo ou por vezes até mais. Se tomou EPO certamente que não foi nenhum acidente. De certeza que o fez de forma deliberada, de livre e espontânea vontade. Não acredito que tenha sido culpa do António Serrano, mas sim do maior dealer do minho, Mário Cunha. Este senhor deveria ser irradiado do desporto português à muito. Não deveria poder ser treinador nem dirigente. Diversos atletas com quem teve contacto seja como treinador seja como responsável técnico mais tarde ou mais cedo se doparam. Exemplos: Fernando Silva, Marco Morgado, Nuno Costa, Rui Teixeira, José Rocha, Analídia Torre, Anália Rosa, entre outros… uns foram apanhados outros nem por isso

  2. Cheguei a ouvir da boca do Mário Cunha que o bom do marco morgado (na altura em que esteve na sua melhor forma), o que o fazia diferenciar dos outros atletas era que o organismo dele era muito bom e que o seu organismo era mais rápido que o dos outros a ficar limpo

Deixar Resposta