Hicham El Guerrouj protesta contra reeleição do presidente da Federação marroquina

0
873

Hicham El Guerrouj considera um escândalo a reeleição do presidente da federação marroquina de atletismo. Igualmente candidato, o recordista mundial dos 1.500 metros e bicampeão olímpico (1.500 e 5.000 m) em Atenas 2004, afirma que Abdeslam Ahizoune não tinha o direito de se candidatar a um quarto mandato.

Para Guerrouj, “Ahizoune não tinha o direito de se apresentar para um novo mandato. Ele está lá desde 2006. O que aconteceu na Assembleia geral é um escândalo que mancha a imagem do atletismo marroquino”.

O regulamento da Federação prevê que um presidente não possa estar mais de dois mandatos mas existem exceções ligadas essencialmente ao interesse nacional. O vencedor das eleições considera que a Assembleia Geral decorreu normalmente. Ahizoune teve 43 em 44 votos possíveis.

Deixar Resposta