IAAF aceita decisão do TAS sobre recurso de Semenya

0
1586

Os presidentes da IAAF, Sebastian Coe, e da Federação Sul-Africana, Aleck Skhosana, estiveram reunidos em Londres. Na sequência da reunião, a IAAF anunciou que aceitará a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) sobre o recurso apresentado por Caster Semenya contra as mudanças aprovadas sobre os níveis de testosterona nas mulheres, que no seu caso a obrigam a medicar-se ou a competir com os homens.

Skhosana disse a Coe que as autoridades políticas e desportivas do seu país têm a obrigação de proteger as atletas que possam ser prejudicadas com as novas regras.

Por seu lado, Coe assegurou que as novas regras não apontam a nenhuma atleta em particular e que o único objetivo é garantir uma competição justa.

“Temos que chegar a uma solução justa para atletas com hiperandrogenismo que desejem competir na categoria feminina e isso é o que procuram as novas regras, baseadas em provas que a IAAF reuniu sobre o grau de benefício no rendimento, que obtêm as atletas com altos níveis de testosterona”, afirmou Coe.

A IAAF precisa que a reunião foi cordial e que ambas as partes acordaram que o TAS é o organismo adequado para arbitrar este assunto e que a sua decisão final será respeitada por ambas as partes.

Deixar Resposta