IAAF poderá não proibir as sapatilhas AlphaFly de Kipchoge

0
589

O jornal britânico The Guardian informou que a IAAF irá debater esta segunda-feira se as sapatilhas utilizadas por Eliud Kiochoge para baixar das duas horas na maratona de Viena, são consideradas legais ou não.

A IAAF vai analisar a situação com cientistas da Universidade de Queensland e vários entendidos na matéria. Desta reunião, poderá sair a decisão da IAAF de não proibir em competição as sapatilhas AlphaFly da Nike que Kipchoge utilizou no desafio INEOS 1:59.

O The Guardian também recolheu os dados da melhoria que supõe a utilização das AlphaFly com sapatilhas para competir, já que as Vaporfly poderão proporcionar uma melhoria de 90 segundos enquanto o modelo utilizado por Kipchoge poderá melhorar os tempos em cerca de três minutos.

Outras marcas como a New Balance já trabalham em melhorar as suas sapatilhas enquanto a Adidas surpreendeu a Nike na Maratona de Amesterdão, depois de um dos seus atletas se impor a outros atletas que competiam com as Vaporfly da Nike.

Na segunda-feira, será então conhecida a decisão da IAAF que poderá influir de forma muito importante a história da maratona.

 

Deixar Resposta