IAAF reconhece Otoniel Badjana como português

1
531

Com dupla nacionalidade (Portugal e  Guiné-Bissau) desde novembro de 2015, Otoniel Badjana, lançador do Benfica, foi agora reconhecido pela federação internacional (IAAF) como português, já podendo participar nessa condição no Europeu de Sub’23 a realizar em julho em Gavle, na Suécia, se conseguir o mínimo no peso, fixado em 17,50. Ele foi o quarto português deste ano, com 17,29 e tem ainda 48,09 como melhor no disco.

Otoniel Badjana, que completou 20 anos na passada terça-feira, representou o seu país de origem (a Guiné-Bissau) no peso/5 kg de três competições de juvenis: Mundial de 2015 (foi 13º na qualificação com 17,37), no Campeonato de África de 2015 (5º na final com 17,27) e Jogos Olímpicos da Juventude de 2014 (4º na final B com 17,71).

As mudanças de nacionalidade para efeitos de participação nas competições internacionais têm agora que se reconhecidas pela IAAF, que recentemente autorizou o ex-cubano Pedro Pichardo a representar Portugal a partir do próximo verão. Agora, Otoniel Badjana foi um dos 10 atletas a ser autorizados a representar o seu novo país, oito deles com efeito imediato e outros a partir do verão de 2019 (um) e de 2021 (outro).

1 Comentário

Deixar Resposta