10º Dia| Especial Mundial| Inês Henriques é campeã mundial dos 50 km marcha!

0
2196

(notícia em atualização)

16.08

Ouro para a Colômbia nos 20 km marcha masculinos

eider-arevaloO colombiano Eider Arevalo acaba de se sagrar campeão mundial ao concluir a prova em 1.18.53, novo recorde nacional. Tal como em femininos, as medalhas de ouro e prata foram definidas nos últimos metros, tendo o russo Sergey Shirobokov ficado a escassos dois segundos. O brasileiro Cio Bonfim ficou com o bronze ao terminar em 1.19.04.

Aos 15 km, um grupo de oito marchadores seguia na frente e foi dele que saíram os três do pódio. O sul-africano Lebogang Shange passou então em 12º a 17 segundos mas encetou uma forte recuperação que o deixou à porta das medalhas mas com um novo recorde nacional.

Classificaram-se 58 atletas, tendo sido desclassificados três e desistido outros três.

Resultados cinco primeiros

1º Eider Arevalo (Colômbia) 1.18.53

2º Sergey Shirobokov (ANA) 1.18.55

3º Caio Bonfim (Brasil) 1.19.04

4º Lebogang Shange (África do Sul) 1.19.18

5º Christopher Linke (Alemanha) 1.19.21

14.10

Chinesa Yang campeã e Ana Cabecinha sexta nos 20 km marcha

 

Ana CabecinhaA chinesa Jiayu Yang sagrou-se campeã mundial dos 20 km ao vencer ao sprint a mexicana Maria Guadalupe Gonzalez com a italiana Antonella Palmisano a ficar com o bronze.

Pouco depois da partida, um grupo de dez marchadoras rapidamente se isolou e entre elas, estava Ana Cabecinha. A portuguesa atrasou-se aos 49 minutos de prova e passou aos 15 km em 1.06.11, com um atraso de 38 s do grupo dianteiro, então com cinco unidades.

O andamento acelerou nos últimos quilómetros com a chinesa Xiuzhi Lyn que seguia nas três primeiras a ser desclassificada. Ficaram Jiayu Yang e Maria Guadalupe e um escasso segundo separou-as na meta. Cabecinha terminou num honroso sexto lugar com o seu melhor tempo da época, 1.28.57. De salientar que nas sete primeiras, ficaram quatro sul-americanas (A sétima foi peruana).

Resultados seis primeiras

1ª Jiayu Yang (China) 1.26.18

2ª Maria Guadalupe Gonzalez (México) 1.26.19

3ª Antonella Palmisano (Itália) 1.26.36

4ª Erica de Sena (Brasil) 1.26.59

5ª Sandra Arenas (Colômbia) 1.28.10

6ª Ana Cabecinha (Portugal) 1.28.57

12.00

Inês Henriques é campeã do mundo com recorde mundial!

foto-ines-henriques

Inês marchou melhor que um soldado veterano de muitas guerras. Depois do recorde mundial e de se sagrar campeã mundial com novo recorde mundial na distância, bem merecia uma promoção a general se fosse militar. Não o é mas Marcelo Rebelo de Sousa já deve estar a consultar a sua agenda para ver quando poderá agraciar a marchadora do nosso contentamento.

Inês Henriques assumiu o comando desde o início e quem quisesse que a seguisse. Apenas a chinesa Hang Yin se meteu em tal aventura mas só aguentou metade da prova. A portuguesa terminou em 4.05.56, batendo largamente o anterior recorde que de 4.08.26 desde 15 de Janeiro em Porto de Mós. Houve uma desclassificada e desistiram duas atletas.

Resultados

1ª Inês Henriques (Portugal) 4.05.56

2ª Hang Yin (China) 4.08.58

3ª Shuqing Yang (China) 4.20.49

4ª Kathleen Burnett (EUA) 4.21.51

Inês Henriques após o triunfo: “o meu objetivo era fazer abaixo das 4h06m. Estou muito feliz com este tempo. Senti-me em casa com tantos portugueses a apoiar-me. Espero que no futuro possamos ver mais mulheres competindo nesta distância”.

11.41

Diniz é campeão do mundo e João Vieira termina em 11º

O francês Yohann Diniz, aos 39 anos de idade e com raízes portuguesas (por parte da avó) cedo se isolou para vencer em 3.33.12, a escassos 39 segundos do recorde que lhe pertence desde 2014. O Japão ficou com a prata e o bronze através de Hirooki Arai com 3.41.17 e Kai Kobayashi com 3.41.17. João Vieira, conseguiu aos 41 anos, um muito agradável 11º com 3.45.17, a apenas 11 segundos do seu recorde pessoal e nacional obtido em 2012. Pedro Isidro terminou em 32º lugar. Classificaram-se 33 atletas, tendo sido desclassificados 9 e desistido 6.

Inês Henriques passou aos 45 km em 3.39.56, já com 3m11s de avanço da chinesa Hang Yin.

foto-johann-diniz-1Resultados cinco primeiros e dos portugueses

1º Yohann Diniz (França) 3.33.12

2º Hirooki Arai (Japão) 3.41.17

3º Kai Kobayashi (Japão) 3.41.19

4º Igor Glavan (Ucrânia) 3.41.42

5º Satoshi Marno (Japão) 3.43.03

11º João Vieira (Portugal) 3.45.28

32º Pedro Isidro (Portugal) 4.02.30

Inês Henriques passou aos 45 km em 3.39.56, já com 3m11s de avanço da chinesa Hang Yin.

11.06

Inês aumenta avanço aos 40 km

Aos 40 km de prova, Inês passou em 3.15.04, já com 1m50s de avanço de Hang Yin. O ouro está cada vez mais próximo.

Em masculinos, Diniz passou aos 45 km em 3.12.39, com 6m39s de avanço de dois japoneses, Hirooki Arai e Kai Kobayashi. João Vieira tem vindo a subir e passou em 16º a 10m41s. Pedro Isidro passou em 33º a 25m16s.

10.44

Inês a caminho do ouro aos 35 km

A portuguesa segue isolada aos 35 km em 2.50.52, já com 50 s de avanço da chinesa Hang Yin. A terceira, também chinesa já passou a 9m01s.

Em masculinos, Diniz passou aos 35 km em 2.30.58, aumentando avanço para o grupo perseguidor que se cifra agora em 45m23s. João Vieira segue em 22º a 8m20s e Pedro Isidro em 34º a 15m10s.

10.10

Inês comanda aos 25 km

A meio da prova, temos Inês Henriques no comando em 2.02.18, na companhia da chinesa Hang Yin. A terceira classificada passou já a 6m51s.

Em masculinos, o francês Yohann Dinis comada destacado em 2.09.51, já com 3m18s de avanço de um grupo de sete perseguidores. João Vieira passou em 25º com 2.17.05 e Pedro Isidro em 34º com 2.21.24.

7.30

Inês Henriques e Ana Cabecinha, as esperanças lusas

Chega hoje ao fim o Mundial com as esperanças portuguesas todas concentradas nas meninas da Marcha.

Primeiro, nos 50 km onde elas vão poder competir pela primeira vez numa grande competição internacional. Apenas sete concorrentes com a nossa Inês Henriques a partir como a grande favorita.

Inês irá enfrentar três chinesas, duas americanas e uma brasileira. A portuguesa é detentora do recorde mundial com 4.08.26. A larga distância, surge a chinesa Hang Yin com 4.22.22. Mas em 50 km, tudo é possível e das chinesas, há sempre que desconfiar.

Inês sonha vencer e com um novo recorde mundial. Apostamos nela para uma medalha de ouro.

Em masculinos, Portugal estará representado por João Vieira, este ano sem marca mas com 3.45.17 como recorde pessoal, e por Pedro Isidro com 3.56.38.

Estão inscritos 49 marchadores e os cinco melhores tempos desta época pertencem a:

Havard Haukenes (Noruega) 3.43.40

Eafal Augustin (Polónia) 3.44.42

José Ojeda (México) 3.45.09

Evan Dunfee (Canadá) 3.46.03

Wenbin Niu (China) 3.46.12

Ana Cabecinha nos 20 km

Com início às 12.20, Ana Cabecinha é a outra esperança portuguesa (mais difícil) numa chegada ao pódio. Ela terá a oposição de 60 marchadoras e tem a 11ª marca da época com 1.29.44. Cabecinha costuma superar-se nas grandes competições internacionais. Foi 6ª nos Jogos Olímpicos do Rio (2016), 4ª no Campeonato do Mundo de Pequim (2015) e 8ª no Campeonato do Mundo em Moscovo (2013).

Eis a lista das cinco atletas que se apresentam esta época com melhor marca:

Xiuzhi Lyu (China) 1.26.28

Na Wang (China) 1.26.29

Jiayn Yang (China) 1.26.35

Antonella Palmisano (Itália) 1.27.57

Maria Guadalupe Gonzalez (México) 1.28.09

Em masculinos, os 20 km têm 64 inscritos sem nenhum português. O seu início será às 14.20.

Ao final da tarde, teremos só finais. O Salto em Altura masculino às 19.00; o Lançamento do Disco feminino às 19.10, os 5.000 m femininos às 19.35; os 800 m femininos às 20.10, os 1.500 m masculinos às 20.30; os 4×400 m femininos às 20.55 e finalmente às 21.15, os 4×400 m masculinos.

 

 

 

Deixar Resposta