Inês Henriques e Ana Cabecinha com forte oposição em Rio Maior

0
2494

Inês Henriques, a grande figura atual da marcha portuguesa, que competirá em “casa”, e Ana Cabecinha, a melhor especialista de 20 km, terão este sábado, em Rio Maior, um “ensaio geral” para o Mundial de Seleções, a realizar dentro de um mês (6/7 de maio) em Taicang (China). A 27ª edição do Grande Prémio, uma das provas mais representativas do Challenge da IAAF, terá um forte lote de concorrentes à prova feminina, com duas medalhadas olímpicas, as chinesas Shenjie Qieyang (2ª em 2012 e 5ª em 2016), já vencedora em Rio Maior há dois anos, e Xiuzhi Lu (3ª em 2016). Na linha de partida estarão também a italiana Antonella Palmisano, 3ª no Mundial de 2017, e a brasileira Erica de Sena, 4ª nesse Mundial e 7ª nos Jogos de 2016, entre várias outras.

Mais fraco o lote de atletas masculinos, liderado pelo espanhol Alvaro Martin, vencedor da edição de 2016, e que contará também com atletas chineses. Ausente João Vieira, os melhores especialistas nacionais inscritos são Miguel Carvalho e Miguel Rodrigues.

Esta competição integra o Challenge da IAAF desde 2004, com interrupção em 2013 e 2014. Nesses 12 anos de alto nível, as melhores posições portuguesas foram nonos lugares de João Vieira (3) e Sérgio Vieira (2), entre 2005 e 20090, e, no setor feminino, uma vitória de Vera Santos em 2010 e segundos lugares de Susana Feitor (2008) e Ana Cabecinha (2012). No ano passado, os melhores atletas nacionais foram Ana Cabecinha (3ª) e Miguel Rodrigues (12º).

Deixar Resposta