Investigação da Agência Mundial Antidoping revela mais casos de doping russo

0
356

Outro grupo de desportistas russos poderá enfrentar acusações de doping, depois da Agência Mundial Antidoping (AMA) ter indicado que concluiu a sua investigação, revendo centenas de processos.

Depois de terem obtido um arquivo com informação do laboratório antidoping de Moscovo, os investigadores da AMA focaram-se num grupo de 298 desportistas e elaboraram relatórios com provas que foram processados por outras autoridades desportivas.

A AMA informou que os desportistas fazem parte de 27 federações internacionais distintas mas não disse quais são.

Segundo a AMA, o arquivo de informação foi manipulado pela Rússia, apagaram-se evidências e deram-se pistas falsas. Esta tem sido a base da contínua batalha legal para vetar a Rússia dos Jogos Olímpicos e das outras grandes competições internacionais por quatro anos.

Dos 298 desportistas investigados pela AMA, a entidade disse que encontrou indícios de manipulação nos arquivos em 145 desportistas.

Deixar Resposta